segunda-feira, 6 de agosto de 2018

Espera-se o pior!

Num jogo entretido e por vezes bem disputado, vitória justíssima do FC do Porto na final da Supertaça, frente a um Aves que se bateu com dignidade, mas cuja entrega se traduziu num excesso de força que quase roçou a violência.
Desportivismo dentro e fora do relvado mas, cinco minutos depois do jogo terminar, aquele clube que pediu paz para a próxima época  fez um comunicado acusando FC do Porto de coagir o árbitro. 
Não pensava comentar tamanha idiotice mas como quem não se sente, não é filho de boa gente, quero lembrar os escribas da parte rufia da segunda circular, que o FC do Porto além de ver Brahimi lesionado, vítima de uma entrada violenta de um adversário, ainda viu o árbitro   fazer vista grossa a uma agressão a Herrera que o deixou a sangrar e todos os comentadores dizem ser merecedora de expulsão do jogador do Aves( este jogo não teve VAR, ou o VAR estava a dormir?) mas, perante os protestos do treinador e jogadores do FC do Porto, Luís Godinho expulsou Sérgio Conceição.
É certo que este  árbitro  já tinha feito um passe de grande qualidade a um jogador do Aves, que deu avanço no marcador  à equipa de José Mota e que o juiz eborense  já tinha entrado para o anedotário nacional da arbitragem no jogo em que depois de abalroar Danilo, ainda lhe deu ordem de expulsão. 
É certo que o FC do Porto já está habituado, há mais de 50 anos, a ser roubado por árbitros alentejanos ( lembram-se do gatuno Calabote?).  Os árbitros alentejanos gostam de boa pinga e Luís Godinho deve ter muitos vouchers para gastar na Catedral da Cerveja. 
Não precisavam por isso os escribas rufias da segunda circular de  demonstrar, com um comunicado saloio, que os êxitos do FC do Porto lhes provocam muita urticária e o calor  misturado com muito álcool lhes perturba a visão e o raciocínio. Se querem paz, pensem no Fenerbahce. É importante que se apurem para a fase de grupos da Liga dos Campeões e lavem a má imagem que deixaram na época passada. 
Do fundo do coração, desejo ao SLB a melhor sorte na Liga dos Campeões, mas em relação à pacificação do futebol tuga, parece-me (quase) impossível. O FC do Porto incomoda-os muito e precisam de muito álcool para dirigir os nossos êxitos.


9 comentários:

  1. Ainda agora começou a época e as águias não deixam de cacarejar!!
    Já hoje me irritei com um.
    É isso mesmo - quem não se sente...
    Aquele abraço, boa semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Andam a querer fazer dos outros parvos, Pedro. Abraço e boa semana

      Eliminar
  2. http://pulpuscorruptus.blogspot.com/2018/07/a-caldeirada-mafia-da-palermo.html?m

    Quer comentar ?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já devia saber que não faço comentários a posts de aldrabões, nem de idiotas como o link que me enviou

      Eliminar
    2. Mas permita-me que lhe diga que o idiota que escreveu esse post tem memória muito curta. Menos bebedeiras e menos fuminhos talvez lhe avivassem a memória

      Eliminar
  3. Limito-me a deixar uma saudação com votos de boa semana.
    Um abraço, Carlos.

    ResponderEliminar
  4. Francisco de Sousa Rodriguessegunda-feira, 06 agosto, 2018

    Já começa a barracada comentadeira.
    Mais um trofeu para o Porto, é o que interessa.

    ResponderEliminar