segunda-feira, 16 de abril de 2018

Estão à espera de quê?

Depois dos gravíssimos incidentes ocorridos ontem no exterior do Estádio da Luz, pergunto:
- De que raio está à espera o  secretário de estado do desporto e juventude, para tomar medidas contra a violência no futebol? Até quando continua o governo a fingir que o SLB não tem claques e a dar cobertura a claques ilegais? 
Tenham vergonha!Já morreu gente  e continuam a assobiar para o ar, coniventes com os criminosos. E não pensem que eles só estão no SLB! Estão em muitos clubes da I e II Liga e são uma bomba relógio prestes a explodir. Fingir que tudo está bem, como não se farta de apregoar o secretário de estado, é uma irresponsabilidade que, mais cedo ou mais tarde, vai custar caro. É mais do que tempo de o governo agir.

15 comentários:

  1. É uma utopia pensar que o governo pode evitar a violência no futebol. As claques legais ou ilegais são violentas e isso acontecesse mundialmente.

    Uma fantastifa semana, Carlos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Em Inglaterra o governo conseguiu acabar com os hooligans de uma forma muito eficaz, Teresa.
      As claques são por princípio violentas, sim, mas quando estão legalizadas é possível responsabilizá-las pelos incidentes. Como o SLB alegadamente não tem claques ( apesar das evidentes provas em contrário), a impunidade é total

      Eliminar
  2. Não sei até que ponto o governo poderá fazer alguma coisa. Penso que isso está mais nas mãos dos clubes do que propriamente no governo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Elvira. Se me permite remeto-a para a resposta que dei ao comentário da Terresa. Se o governo inglês acabou com a violência, por que razão não pode o governo português fazer o mesmo? Eu sei a resposta, mas não a dou aqui, para não me esfolarem vivo na caixa de comentários:-) Boa semana elvira

      Eliminar
  3. Quais serão as medidas contra a violência no futebol se o próprio futebol se transformou em violência?
    Dentro e fora de campo, ah pois é.
    Talvez alguém devesse perguntar aos ingleses - só para dar um exemplo - como erradicou quase por completo, o hooliganismo?
    Enquanto a modalidade não se confinar às quatro linhas, nada há a fazer.

    ResponderEliminar
  4. Quando refere alguns clubes, inclui também o seu, certo?

    ResponderEliminar
  5. Acabar com as claques organizadas é um bom principio.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O que eu quero dizer, e até já o escrevi aqui, é que as claques como organizações de adeptos, de forma legalizada ou não, não fazem falta nenhuma ao futebol, porque ao abrigo de uma pretensa mobilização do estádio e dar "colorido" ao futebol , escondem-se criminosos, instigadores de violência, trafico de drogas e outras actividades do bas-fond.

      Este secretário de estado do desporto o mais perto que deve ter estado de praticar desporto deve ter sido quando foi a correr comprar uns menus ao McDonald,s, a sua pusilanime figura e conversa oca já mostraram o que vale mas há muito tempo.

      A talhe de foice, como sabe, as ditas claques organizadas (legalizadas) são tão legais como as outras, porque não cumprem os pressupostos da lei, e por tal motivo essa lei está a ser reestruturada e irá ser mudada.

      Desde logo a obrigação do registo de todos os seus elementos, e o envio de listagens dos membros quando se deslocam a um determinado estádio, coisa que como é sabido não acontece actualmente.

      Eliminar
    2. espero que isso resolva o problema, mas não estou muito seguro..
      Quanto ao sec. estado, nem para ir comprar hamburguers corre...manda um contínuo do ministério ir depressa buscar um.

      Eliminar