domingo, 11 de fevereiro de 2018

Estilos de Liderança

Há três estilos de liderança para  se desenvencilhar dos adversários

1- Enfrente-os, mostre que é um ditador, o seu lema é "Quero posso e mando. Quem não está comigo está contra mim". Utilizado por Salazar, Trump ou Bruno de Carvalho

2- Se não quer ter chatices, compre os adversários. Com dinheiro, oferta de lugares e outras prebendas, ou chamando-os para  compartilhar a liderança. Muito utilizado por dirigentes partidários e por Luís Filipe Vieira

3- Responda aos seus adversários com títulos e sucesso. É o estilo de Pinto da Costa, mas também de António Costa, Mário Centeno ou Macron.

9 comentários:

  1. Por falar em dinheiro, oferta de lugares e prebendas.

    Lembrei-me agora de repente dos celebres quinhentinhos e de um tal Martins dos Santos, como poderia ser Donato Ramos, Fortunato Azevedo ou quiçá um qualquer Carlos Amorim, algumas vezes conhecido como Carlos Calheiros, "vitima" preferida da obrigatoriedade de aceitar viagens ao Brasil, com o fardo suplementar de levar a família, tudo pago, não em dinheiro, mas pensa-se que por transferência bancária, claro que por engano, da conta de um clube que não me recordo para uma agência de viagens que não sei o nome e parece que era quem tratava das viagens desse clube.

    Obviamente que isso não é dos tempos actuais, agora é mais ter um centro de treinos á minha custa e de mais uns milhões de papalvos, uma piscina á minha custa e de mais uns milhões de papalvos, e não tem nada a ver com a preferência clubistica de um tal Rui Moreira, Galardão de ouro de uma colectividade desportiva que não me vem agora á memória, ou talvez de essa colectividade ter no seu Conselho Superior três ou quatro membros de Camaras Municipais de uma região do País de que agora estou desmemoriado, que veja-se lá parece que encapotadamente, através de consultorias e compra de espaço publicitário, financia um canal de TV, por acaso desse mesmo clube, canal esse que ainda por cima foi "oferecido" por mim e mais uns milhões de papalvos através da RTP, com a pequena ajuda de um actual presidente de um clube que sei ter a mesma cor que o outro de que não me recordo.

    Ora bem, a pergunta que queria fazer é - para quando a entrega das acções a que tenho direito desse clube por contribuir, mesmo sem querer, para o seu crescimento?

    Quanto a sucesso, para não ser acusado de ir ao "preto e branco" dos anos 60, existe um clube, que detém 13 dos últimos 18 títulos/troféus disputados em Portugal, e o outro clube de que agora não me lembro parece que nesse mesmo período tem, sei lá, tantos títulos como o Moreirense? ou como o Braga? ou seja UM, unzinho, 1 em 17 tentativas?

    Não, esse clube, não obstante ter o seu líder o mesmo estilo de Macron, e receber uns míseros 500.000€/ano, mais prémios de desempenho (WTF) parece que conseguiu a enormidade de 0, repito ZERO títulos, excepto o de clube intervencionado pela UEFA.

    Parece que afinal podem ficar com as acções enquanto vou ali ao Calor da Noite, um sitio bem frequentado nos anos 90, por árbitros e senhoras da mais elevada consideração, parece que propriedade de um actual administrador desse clube de que nem me recordo do nome, e que já agora foi condenado por motivos fúteis, de que ninguém nunca ouviu falar, nem sequer quer saber, á perda de pontos num campeonato de que ninguém suspeita nem pode suspeitar, porque a justiça de que todos sabemos da sua grande eficácia parece que condenou, mas depois não condenou e ainda ninguém sabe bem como ficou.

    E como estou cansado fico por aqui, aproveitando para enquanto faço uma genuflexão, recordar-me das palavras de um líder - Bobby, Tareco, ataca, ataca!

    Ao qual acrescentaria eu, ataca que é vermelho (cruzes credo, vermelho não, encarnado que o líder da estirpe de Salazar nunca permitiria essa afronta.

    ResponderEliminar
  2. Meu caro Carlinhosamigo

    Magníficos estilos de liderança!

    Qualquer deles e para falar como batalha naval são tiros no porta-aviões. Bravo!

    Já quanto ao comentário do Senhor Chakra Indigo é tal a confusão que não o entendo. Na minha (modesta) opinião, não só mete os pés pelas mãos, mas também mete as mãos pelas mãos e mete os pés pelos pés.
    Pelo andar da carruagem o Senhor Cakra é capaz de meter a cabeça pela cabeça e o tronco pelo troco, bem como os rins pelos rins, os pulmões, pelos pulmões e até o coração pelo coração. Seja bem bem vindo senhor Indigo.

    NB - Calos: a) Desculpa-me a intromissão no comentário do dito cujo.
    b) Peço-te que vás à Nossa Travessa por mor do Leite e sexo Penso que ais achar interessante? e comentar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado meu caro, da próxima tentarei ser mais esclarecedor ;)

      Eliminar
  3. Como não sei nada (ou muito pouco) de futebol mas dos estilos de liderança sei que lhe falta um, superior. Aquele de que ninguém fala, nem o Carlos. É aquele em que os liderados são primeiro escutados e depois os líderes lideram.

    Não existe um estilo assim?

    Se olhar para o chão
    Vai dizer que não

    ResponderEliminar
  4. Se uma mente esclarecida perde o norte com a clubite aguda, ou melhor, a clubose crónica, como podemos ficar surpreendidos com a as arruaceirices de tantos milhares de tugas de mente limitada quando toca a falar de bola e do seu clube.
    Se tivesse de catalogar os ditos "chefes" (eu que não percebo nada de bola", classificaría-os assim:
    1 - o vermelho labrego com "eventual" passado menos limpo.
    2 - o verde charlatão grosseiro que nunca fez nada na vida. Ou antes fez...
    3 - o azul da fruta e do café com leite, um trapaceiro finório. Mas coerente: a fruita que dava a comer, ele comi-a também!

    Para terminar:CBO aprecio bastante os seus comentários e posições frontais e coerentes, identifico-me (quase) sempre com elas. Fico desapontado a vê-lo entrar em caminhos aos quais devia ser superior.

    Mas isto sou eu, que soi leigo da bola, a dizer numa manhã de caraval.

    outeiro

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Adenda: "classificá-los-ia"

      outeiro

      Eliminar
    2. Caramba!
      Até eu que tenho alma encarnada (desculpo a mistura entre vermelho e encarnado) dou o meu aplauso a este comentário "aclubístico"!

      Eliminar