segunda-feira, 22 de janeiro de 2018

S. Bento: do circo para o casino




Já sabíamos que, não raras vezes, a AR se transforma num verdadeiro circo.
Agora(?) ficámos a saber que, de quando em vez, também se transforma num casino onde a batota impera, com a anuência e concordância de todos os partidos.
A bem da verdade já se sabia da batota há muitos anos .Em 2007, no blog colectivo AlémdoBojador, onde eu escrevia, denunciei a situação que ontem o DN deu a conhecer e Rui Tavares hoje replicou no "Público" (seguir o link acima). 
Dez anos depois de eu ter levantado a questão e 17 após o acordo dos partidos para legalizar a batota, alguém se lembrou de trazer o assunto à colação. Mais vale tarde do que nunca...

3 comentários:

  1. Estou perplexa, aliás, siderada!
    Mas tal prática estará prevista no regimento da A.R.?

    ResponderEliminar
  2. Parece que não, Célia. Trata-se de um acordo tácito(?) entre partidos

    ResponderEliminar
  3. Afinal a Matemática não é uma ciência exacta.
    Até fiquei com vómitos

    ResponderEliminar