quarta-feira, 20 de dezembro de 2017

Liberdade para a Catalunha

Amanhã há eleições na Catalunha. Para além  dos resultados ( que provavelmente ditarão um grande imbróglio)  importa saber se no dia seguinte a comunicação social e as instituições catalãs voltarão a poder usar  as expressões que o governo "democrata"de Rajoy proibiu e das quais destaco, como exemplo, "liberdade para os presos políticos " ou "governo no exílio ".
Andamos nós preocupados com a deriva totalitária em países como a  Hungria, a Polónia ou a Austria, quando temos mesmo aqui ao lado um país com um défice democrático acentuado.
Para o ramalhete ficar perfeito, só falta a FIFA cumprir a ameaça de expulsar Espanha do Mundial 2018,se o governo de Rajoy insistir em imiscuir-se nas eleições da Federação de Futebol.

4 comentários:

  1. Será que alguém se lembra quem em 1975, anda houve execuções de penas de morte a cinco cidadãos, em Espanha? Foi no estertor de Franco, mas não há muita gente que sequer pense nisso. Em Portugal, o resultado está nesta notícia. É tão raro já encontrar notícias decentes no Google sobre o que se passou no nosso país. Nunca demos nada por adquirido! http://media.rtp.pt/memoriasdarevolucao/acontecimento/o-significado-do-assalto-a-embaixada-de-espanha/

    ResponderEliminar
  2. Hoje só um comentário, Carlos - Votos de um Santo Natal
    Aquele abraço

    ResponderEliminar