quinta-feira, 16 de novembro de 2017

Memórias em vinil ( CCXCII)




Até parecia mal não trazer aqui a Madonna!Um desrespeito para esta nova lisboeta que tanto tem entusiasmado a nossa comunicação social, numa prova de deslumbramento parolo.
De qualquer modo, esta memória é incontornável, não é?
Boa noite!

1 comentário: