terça-feira, 8 de agosto de 2017

Auto Europa

A CT da Auto Europa estabeleceu um pré acordo com a administração da empresa para compensações por trabalho ao sábado.
Os trabalhadores rejeitaram o acordo e a CT demitiu-se.
Causa alguma estranheza que o mais bem sucedido exemplo de CT existente em Portugal, tenha  terminado desta forma.
 Dizem-me que se trata de uma luta partidária ( à esquerda) que colocou a CT e os sindicatos em rota de colisão. As vítimas são os trabalhadores que não perceberam que estão a ser manipulados pelos sindicatos. Esta aventura pode sair-lhes cara...

5 comentários:

  1. Em votação, 74,8 por cento dos trabalhadores rejeitaram o acordo a que chegou a CT, qual é a parte difícil de perceber quando fala em manipulação pelos sindicatos de uma tal quantidade de gente dentro da empresa?

    ResponderEliminar
  2. Eu conheço bem a Autoeuropa.

    Muito cara mesmo...

    :)

    (P.S. - Ainda tenho aqui as coisas à sua espera ;) )

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Na próxima semana talvez vá a Lisboa e nessa altura aviso. Obrigado

      Eliminar
  3. Intromissões alheias à Comissão de Trabalhadores levaram ao que sabemos.
    Houve, na realidade, misturas políticas.
    Um vizinho meu, de rua, trabalha lá, sabe tudo e contou-me esse tudo.

    ResponderEliminar