terça-feira, 18 de julho de 2017

Jane Austen







Faz hoje 200 anos que morreu Jane Austen.
Tinha apenas 41 anos, era pobre e a sua morte foi mais ou menos ignorada, mas deixou um vasto legado literário, cujo mérito tardou a ser reconhecido.
Dois séculos depois, Jane Austen é uma das escritoras mais admiradas no mundo ocidental, onde se realça o seu humor e a análise corrosiva dos costumes da época. 
Alguns dos seus livros chegaram aos cinemas em longas metragens  de grande sucesso ( Sensibilidade e Bom Senso ou Emma) e aos pequenos ecrãs em miniséries como Orgulho e Preconceito.
Dois séculos depois, a data da sua morte é assinalada com a reedição de vários dos seus livros e algumas cerimónias evocativas. 

4 comentários:

  1. Li todos os seus livros. Chegámos a fazer matinees em casa, os meus filhos e eu juntamente com uma amiga e as suas filhas, para ver Orgulho e Preconceito (com Colin Firth). As tardes foram repetidas ao ponto de memorizarmos os diálogos. Recordo essas tardes com saudade.

    Jane Austen é uma escritora que não passará "de moda".

    ResponderEliminar
  2. Adorei os seus livros e gostei das adaptações que vi das suas suas obras em filmes ou séries.
    Uma das minhas irmãs ofereceu-me Orgulho e Preconceito quando fiz 11 anos - na altura tentei ler e não gostei, dois ou três anos depois li-o e ficou como um dos meus livros preferidos
    um beijinho e um bom dia

    ResponderEliminar
  3. EMA foi o primeiro romance que li dela. O livro pertencia à minha mãe.

    Embora não seja a minha escritora britânica preferida também eu li toda a sua obra.

    ResponderEliminar