sexta-feira, 28 de julho de 2017

Esclarecimento aos leitores

Alguns leitores que me acompanham há vários anos perguntaram-me se não exagero na defesa do governo e  deixei de conseguir ver as coisas com a mesma equidistância do tempo de Sócrates.
Sei muito bem que este governo não faz apenas coisas boas e vários erros haveria a apontar-lhe.
Acontece, porém, que não sou ingénuo. Percebo muito bem que a direita quer a todo o custo descredibilizar este governo e conta com a cumplicidade de uma série de jornalistas pouco escrupulosos, enfeudados a partidos, que denigrem a profissão.
Como alguns saberão, nunca me  deixei obnubilar pela política de um governo, mas sempre fui de esquerda e sei muito bem que a única coisa que a direita pretende é regressar ao poder para voltar a impor a austeridade, vender o que resta do nosso património e entregar o capital humano do país aos poderosos, rasgando legislação laboral, liberalizando os despedimentos sem indemnizações e tornando o trabalho temporário uma regra nas contratações.
A escolha de um candidato à CM Loures racista e xenófobo feita por PSD comprovam que à sombra da democracia, Pedro Passos Coelho vai impondo o seu verdadeiro programa: neo liberal fascista 
Se PPC já perdeu o medo e a vergonha de mostrar a verdadeira face de colonialista ressabiado, então temos razões para recear o futuro da nossa ainda jovem democracia. 
É por isso que neste  momento me parece muito importante cerrar fileiras contra os  vampiros da direita e dizer: " A escumalha não passará".
Muito mais importante, do que estar a tecer críticas a este governo. Para isso chegam os partidos da oposição e um grupo de ultra conservadores,  que se fazem passar por jornalistas e plantam na comunicação social notícias falsas, com o único intuito de derrubar este governo e depois ir ocupar lugares na administração pública, para os quais não têm competência. Esse filme já o vi entre 2011 e 2015  e se não continua é porque, uma vez na vida, os partidos de esquerda souberam colocar os interesses do país acima dos interesses particulares de cada um.
Como cidadão, sinto o dever de lhes expressar a minha gratidão,preservando este governo enquanto continuar a mostrar que não cedeu a inaceitáveis pressões da direita e do capital que lhe está associado. 


5 comentários:

  1. Não será a última ingenuidade acreditar, em qualquer uma das faces da mesma moeda?
    Não percebe que isto já não há quem nos defenda, a Agenda é externa.
    Parlamentos escravos de Dívidas a cumprir Ordens de um Banco PRIVADO BCE que, transformou os Bancos Centrais dos Países em sucursais, euro-deputados que não podem Propor nem Vetar Leis, isto está bem pior do que se imagina com uma Dívida em relação ao PIB a crescer diariamente 138,26%, com ela já está tudo hipotecado e, sabe a ânsia deste grupinho chegar ao Poder? Apanhar o último dinheiro que vem da UE, a seguir não há mais. Integridade e gente patriota acabou, estão todos ao mesmo, seja para implantar radicalismos ou "rapar o resto do tacho"
    Partidos, o nome não dirá tudo quando já escolhemos o que está partido? ;)
    Deixo-lhe um autor que tem uma versão longa e um resumo, numa das suas passagens por cá e, até esclarece que tal, como eu, nem terá muito a ver com o local em que faz a sua apresentação mas, vale a pena, meditar sobre o que ele sempre soube explicar nos seus livros, comprovado com factos reais.
    Já passei por todas essas, suas, dúvidas e hoje, sei bem onde me situar.
    Deixo a versão curta e poderá saber muita informação, através deste autor e depois, deixo-lhe outro assunto para meditar se estiver interessado.
    https://www.youtube.com/watch?v=005cahIsSXE
    G. Edward Griffin: How Socialism, Communism, Fascism are All the Same

    https://www.youtube.com/watch?v=0k4pXwmis7A
    The Myth of Authority (Video Contest Winner)

    Para mim, foi como atravessar as 5 fases do Luto e ter que abandonar todas as minhas anteriores convicções mas, nunca me senti mais Livre, ao deixar de acreditar em "rituais" que nunca nos levarão à Verdadeira Liberdade.

    E, se quiser saber porque nunca deixamos esta roda de hamster, deixo outro e, se não concordar tem a sua Consciência Moral e o Livre Arbítrio que a todos foi dado, igualmente e, cada um, usa ou não usa mas, o resultado está à vista e, neste contexto só me resta a opção de Branco ou Abstenção, recuso-me a continuar a colaborar em jogos manipulados.

    https://www.youtube.com/watch?v=_8e41iXn4qI
    Mark Passio - Street-Wise Spirituality - St. Louis, MO

    Uma coisa lhe digo, quem nunca perseguir a Verdade, aquela sem moralidade relativa, nem subjectividade mas, a imutável que tem Leis incorruptíveis, não adaptadas ao momento nem às circunstâncias, pode crer e lhe garanto que existe, só temos de nunca parar até a encontrar e, depois, tudo dependerá se a soma das partes (Todos nós), conseguirmos outro Resultado, aquele que todos queremos, não aquele a que somos obrigados (sempre entre a espada e a parede ou a escolher entre o mal menor).
    Boa Pesquisa e um bom alargamento de horizontes, nesta nossa breve passagem que só serve, mesmo, para aprendermos sempre mais.Apesar de ter vivido 16 anos e 9 meses na outra Ditadura, continuo a acreditar que que, podem destruir tudo, roubar tudo mas, "Não há machado que corte / a raiz ao pensamento" e ao contrário do corpo, a alma nunca se cansa... de querer saber, sempre mais e, todas as respostas aos porquês, de termos chegado a esta situação.
    E chego à conclusão que ainda há Verdades, estejam elas escritas onde estiverem:
    "And the truth shall set you free.”

    ResponderEliminar
  2. No outro dia ouvi alguém dizer que a Paz é uma Utopia, mas vale a pena percorrer esse caminho.
    Carlos, concordo com o que disse. Eles estão desesperados e tudo farão para destruir o resto. portanto não podemos cair onde os bandidos que deram cabo deste país querem. Ontem a contragosto ouvi a quadratura do círculo, porque é o último antes das férias e queria saber o que os senhores diriam sobre a palhaçada em que temos vivido nos últimos dias. E olhe que valeu a pena. O PP é mesmo um pedagogo, até o Xavier foi obrigado a reconhecer certas coisas. Acho bem que o PCP e a esquerda caviar se penitenciem do mal que fizeram ao Sócrates e ao país. Eles sabem que não têm futuro se não tiverem juízo. Ainda há muito por descobrir. basta ver agora pela amostra para saberem o que as pessoas doidas por poder e sem capacidade, são capazes de fazer.

    ResponderEliminar
  3. Inteiramente de acordo quanto à necessidade de cerrar fileiras em torno desta solução política de apoio governo. Talvez por causa da tenebrosa aliança de 2011, vivo os dias em sobressalto. Espero que não esqueçam o mal que fizeram aos portugueses e ao país.

    ResponderEliminar