sexta-feira, 23 de junho de 2017

Exame de português

Os alunos que fizeram exame de português do 12º ano correm o risco de ver a prova anulada.
As causas radicam numa gravação audio que apareceu na Internet e cujo conteúdo já todos conhecem. 
A razão porque trago este assunto ao CR reside na linguagem utilizada
" Ó malta, falei com  uma amiga minha cuja explicadora é presidente do sindicato de professores, uma comuna, e ela diz que (...)"
Devo dizer que confio, genuinamente, nos jovens para tornar este país e este planeta melhor, mas não é com  jovens que em 2017 ainda usam a expressão "uma comuna".
Esses, inexoravelmente, serão meros paus mandados num país onde, mais tarde ao mais cedo, uma geração com melhor formação e mais bem preparada, mais exigente e simultaneamente mais tolerante, com valores cívicos e éticos tomará conta do poder.

13 comentários:

  1. Na boca de uma jovem, a expressão "comuna" e o tom como foi dita é de nos fazer pensar e concluir que a nossa democracia ainda tem muitos abcessos.
    Alberto "Cáiro" como tão bem diz a betinha. Já agora! :)

    Bom fim de semqna, Carlos
    Beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Abcessos e algumas infecções generalizadas, Célia.
      Beijinhos e bom Fds

      Eliminar
  2. Mas um dos problemas que temos não é o estarmos à espera que essa tal geração chegue ao poder desde a implantação da republica? ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não sei se é da idade, Claudio, mas devo dizer que tenho mesmo esperança na malta nova.

      Eliminar
  3. Andamos há tantos anos à espera dessa geração que vamos perdendo a esperança.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu creio que só há uns tempos comecei a ter esperança, porque há realmente alternativa à juventude Pafiosa que olha para os velhos como um estorvo

      Eliminar
  4. Carlos, isto só serve para confirmar que
    continuaremos "Feios, porcos e maus". Devo dizer que estava inspirada e escrevi um longo comentário no anterior ao antecedente a concordar plenamente consigo e a criticar quem falou em falta de assistência, poe desconhecer o que passou, e que tinha visto a entrevista, pq não tenho visto tv, porque detesto masturbação intelectual, de Vítor Gonçalves e ele que costuma ser tão educado até se fartou de atacar a ministra que teve muita classe. Quase ninguém conhece este país. São betinhos que nasceram nas cidades e resolveram fazer as rotas turistas que criaram para eles. Digam o que disseram já não há geração como a nossa: de grandes transformações e de grandes sentimentos humanos. Hoje é tudo artificial e virtual. Vá á minha página do Fb onde coloquei o postal do Jumento e botei faladura. Adoro dar porrada e ser indelicada mas franca.udo isto e já me esquecia de dizer que, no final do comentário, a página apareceu-me em html e perdi tudo. Fiquei danada porque a espontaneidade tinha desaparecido e já não seria capaz de escrever outro igual.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu até gostava de ir à sua página de FB, o problema é que não sei qual é :-)

      Eliminar
  5. A esperança é a última a morrer, Carlos.

    Eu não tenho esperança, eu tenho a certeza que a nova geração é melhor da que a minha. Eu sei, que o Emmanuel Macron já vai quase na casa dos quarenta, no entanto, tenho inveja que a França tenha um Presidente jovem, enquanto nós só temos políticos velhos e caquéticos como o meu amigo WOLFGANG 😈

    ResponderEliminar
  6. Irrito o Carlos com os meus comentários, porque muitas vezes estou fora do assunto da sua crónica.

    Tenho amigos alemães que vivem numa comuna, portanto, não compreendo porque é um termo que a geração mais antiga não aceita.

    O poeta português AL BERTO também viveu numa comuna no Alentejo depois de regressar de BRUXELAS.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Neste contexto, comuna é uma palavra pejorativa para referir uma pessoa comunista.

      Eliminar
    2. Obrigada pela informação, Célia.

      Agora é que que lembro que antigamente me chamavam "comuna" em Portugal. Só não me lembro se me zangava com isso.

      Mais uma vez obrigada e bom fim de semana, Célia!

      Eliminar
  7. Obrigada Teresa
    Tenha igualmente um ótimo fim de semana.

    ResponderEliminar