terça-feira, 3 de maio de 2016

Sou tão feliz em ser infeliz!


Narciso de Caravaggio



A infelicidade de Pedro Passos Coelho é ver Marcelo a irradiar felicidade. O que o ex- pm e ainda líder do PSD deseja ardentemente é ver o PR e todo o país à sua imagem. De rosto fechado, cenho carregado, alardeando pessimismo em cada palavra e expressando sofrimento em cada acto..
É essa a forma de Passos estar na vida, desde aquele dia fatídico  que lhe sequestrou o futuro e matou dois gatos.
Quando um dia ele disse aos portugueses para não serem piegas, estava a ser sincero. A mentalidade de Passos Coelho é a do carcereiro que tem prazer em punir e detesta ver um sorriso de felicidade estampado no rosto de alguém. Por isso não compreende, nem aceita, que os trabalhadores festejem o 1º de Maio. É no sofrimento que ele vê a propulsão do sucesso, não na retribuição justa do valor do trabalho. 
Passos Coelho é perverso. Merecemos mais. Muito mais. A começar por políticos que nos incitem a ser felizes e mostrem que não há mal nenhum nisso, desde que sejamos responsáveis.

8 comentários:

  1. Ó valha-me a santa!! Então o homem já não pode constatar um facto? A não ser que estivesse implícita uma crítica negativa, esteve?
    Se sim, então o título deste post deveria ser:
    "Sou tão infeliz ao ver os outros felizes!"
    Se não, o homem vê a felicidade como um bom veículo de franca produtividade dos trabalhadores.
    Tipo "Alegria no Trabalho"...sei lá!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pela reacção do próprio Marcelo, parecem não restar dúvidas quanto ao espírito da crítica de Marcelo. Passos é tão cobarde que nem sequer assumiu o catavento.
      Mas a Janita tem razão em relação ao título. Seria mais adequada a sua proposta.

      Eliminar
    2. Há pouco o Carlos não tinha esta belíssima tela de Caravaggio, a ilustrar a mensagem que pretendeu passar.
      Gostei de ver Narciso a contemplar-se na água do lago.
      Provavelmente, PPC sofre do complexo narcisista e só se vê a si e ao seu umbigo. A cobardia é o pior defeito de um homem, lá isso é! Mais do que a vaidade.

      Obrigada, pela atenção, Carlos!!

      Eliminar
  2. Estou tão feliz porque os que se julgam grandes senhores- Bayern- afundou-se com um pobre partido da Península Ibérica.

    ResponderEliminar
  3. Que a minha felicidade continue quando um barcelonês se encontrar com um português Para ajustarem contas, em Inglaterra.

    ResponderEliminar
  4. Um energúmeno da linha salazarista que destila ódio e mete nojo!

    ResponderEliminar
  5. Estou-me nas tintas para o Passos.
    Por isso...
    Celebro é a felicidade, contagiante, do PR.

    ResponderEliminar