sexta-feira, 8 de abril de 2016

E se fossem brincar com as pilinhas?

Se esta notícia se confirmar, significa que o governo anda a brincar com o dinheiro dos reformados e pensionistas. Ora isso é inadmissível. A mania de os governos mexerem no dinheiro de quem trabalha e descontou durante a vida inteira, tem de acabar.
Eu não permito ( nem compreendo que os partidos de esquerda que apoiam este governo aceitem) que o governo mexa no meu dinheiro para andar a promover a reabilitação urbana de edifícios que depois vão ser arrendados a turistas de pé descalço.
Vão brincar com as pilinhas e deixem o meu dinheiro em paz, ok?

7 comentários:

  1. Deixem-se mas é de brincadeiras.

    ResponderEliminar
  2. Primeiro foi o gaspar que a última coisa que fez foi publicar uma portaria, em pôs o Funda à disposição de quem quisesse utilizá-lo e de qualquer maneira. Agora que os rendimentos são abaixo de zero fazem de nós o que querem. Entretanto pode ser que os velhotes despejados ainda tenham força para ir ocupar essas casas. Ou pode ser que venha aí outro 1755, há tanto prometido, porque agora anda tudo louco a investir em imobiliário, porque é a melhor maneira de lavar dinheiro e de aumentar o preço de mercado e cá estamos nós para nos lixarmos porque a próxima bolha não demora muito a rebentar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ....em que pôs o Fundo ...(a funda seria para apontar a uma coisa que eu cá sei)

      Eliminar
  3. Inadmissível!
    Com o dinheiro dos outros também eu faço grandes coisas.

    ResponderEliminar
  4. O governo acredita que pode colocar esses 1,4 mil milhões ao serviço da economia. Teoricamente não é das piores ideias da geringonça...não fosse o dinheiro da segurança social!!!

    ResponderEliminar
  5. Triste de vida do mexilhão, caramba como ele se lixa sempre :(

    Bom fim de semana Amigo Carlos.

    Um beijinho

    ResponderEliminar
  6. Nunca confiei nesta geringonça.

    ResponderEliminar