quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

Atenção, PAN! A Praia das Maçãs chama por vós



Em qualquer parte do mundo, este sinal significa "proibida a entrada a cães".
Ou melhor: em quase todo o  mundo, já que a Praia das Maçãs parece ser uma excepção.
Embora este sinal esteja colocado de forma bem visível à entrada da praia, os moradores e utilizadores daquela praia ignoram-no sistematicamente.
Ainda este fim de semana, ao início da tarde, havia mais de duas dezenas de cães a passear na praia. A maioria deles sem trela, apesar de haver vários banhistas.
Devo dizer que, pelos dias de hoje, frequentar aquela praia  é um acto de grande coragem. O areal está um nojo e  os cães que são trazidos aos pares e trios por gajos com ar de mentecaptos e fulanas com ar de tias falidas, contribuem para as conspurcar pois, logo que chegam à praia, os caninos começam a fazer as suas necessidades líquidas e sólidas em pleno areal, perante o ar impávido dos seus guias.
O PAN, tão diligente - e bem- a defender os direitos dos animais, devia preocupar-se em educar também os seus proprietários. Para começar, podiam ir um fim de semana para a Praia das Maçãs,  educar a catrefada de energúmenos que não sabem lidar com os animais e desrespeitam os mais elementares direitos dos cidadãos. BADALHOCOS!





28 comentários:

  1. Se fosse só na Praia das Maçãs... Há jardins e passeios para peões onde se tem de fazer uma autêntica gincana, sob pena de se ficar aromatizado!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. De acordo, mas a praia é um local onde normalmente as pessoas se estendem na areia em fato de banho ou bikini, o que faz toda a diferença :-)

      Eliminar
  2. Já agora, porque não reclamam também das gaivotas que cagam a areia e os cães de duas patas que largam lá os preservativos usados após uma boa foda na areia ao luar?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ó anónimo, já percebi que você deve ser um dos prevaricadores...

      Eliminar
    2. De acordo, Papoila, mas os preservativos não mordem e, além disso, posso afastar-me deles.

      Eliminar
  3. O PAN não se preocupa com a (falta de ) educação dos donos e os canídeos não têm culpa.
    Deveríamos começar pela educação que não têm os(as) senhores(as) que se dão ao luxo de não limpar o que os seus 'canitos' sujam. Quando é assim na rua, imagino que em casa aquilo deva ser uma estrumeira.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Totalmente de acordo, Observaor.Há donos de cães que são mais porcos do que os canitos que levam a passear.

      Eliminar
  4. No Paredão é proibido passear os cães sem trela e há-os aos trambolhões, nas praias de Cascais também passeiam como lhes apetece...
    Há pessoas que nunca se sentem incluidas nas regras estabelecidas...
    xx

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também já tive algumas altercações no paredão com donos de cães, papoila.Uma vez, iam dois polícias a passar ( de bicicleta)e quando perceberam que havia discussão, aceleraram que foi uma beleza!

      Eliminar
    2. Exacto! Passam-se lá cenas muito desagradáveis eu deixei de lá ir com a minha cadela pois estava sempre preocupada com os que andam soltos porque há dois problemas : 1. o cão não pode estar solto 2.o dono não tem nenhum controlo nele....por mim prendiam-se os donos :))) Irrita-me imenso.

      Eliminar
    3. Também não vou tão longe... agora uma multazita dissuasora era bem aplicada. Se os infractores às mais elementares leis de cidadadnia fossem multadois, teríanmos um país mais civilizado e pagaríamos menos impostos.

      Eliminar
  5. ~~~
    Que nojo!!
    ~~~~~~~~

    Será preciso criar a ''ASU''
    - autoridade para a segurança dos utentes!!
    ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

    ResponderEliminar
  6. Por causa das coisas, nunca mais vou à praia das maçãs.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu continuarei a ir e a protestar com os infractores, bea

      Eliminar
  7. Nessa e nas praias aqui para as minhas bandas e não só, também os jardins e passeios públicos, este é um assunto que acho miserável e me faz muita confusão, porque não consigo lidar com a situação, muito menos com gente deste tipo porque os animais estão isentos de culpa, mas existem donos que deviam ser penalizados para ver se aprendiam a ter respeito.

    Beijinho Carlos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O que mais me impressiona é a passividade das autoridades. Vêem a infracção, mas não ligam. É um convite às pessoas para transgredirem. Assim, não vamos lá...

      Eliminar
    2. Concordo, Adélia.
      Na minha zona há pessoas que abrem as portas de casa deixam os cães soltos na rua e depois assobiam para o recolher!! Entretanto o cão já sujou o passeio e já assustou outros cães e pessoas enquanto o esperto do dono está sossegadinho em casa. :((( Eu adoro cães e só estou contra os donos que não respeitam o espaço de todos.
      bjs

      Eliminar
    3. Eu também adoro cães, papoila. Não suporto é a falta de educação e de civismo de alguns donos.

      Eliminar
  8. É muito mais fácil educar a bicharada do que as bestas dos donos, Carlos.
    O Gabinete onde trabalho, entre muitas outras coisas, pune esses comportamentos.
    E quem aqui vai ladrar não os bichos.
    São os estúpidos dos donos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cá é exactamente a mesma coisa, Pedro. Os donos é que precisam de ser educados, não são os bichos

      Eliminar
  9. A culpa é dos donos , Carlos.
    Tenho uma amiga que faz sempre a sua "Cãominhada" de manhã e ao fim da tarde , são 3 e vai para um pinhal junto a casa com os ditos cujos pela trela e há um "Sr" que faz o mesmo mas deixa o cães à vontade. Os cães atacam os dela e há um mês ela disse que tinha que por trela nos cães e o "Sr" com 70 anos agrediua com tal violência que foi parar ao hospital. Foi a polícia que a levou apresentou queixa e o dito "Sr" continua todos os dias a passear os cães sem trela.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Há tempos aconteceu uma cena semelhante num jardim ao lado de minha casa. O senhor de idade teve de ir para o hospital e a dona do cão disse que não tinha dinheiro para o indemnizar, nem seguro, por isso ele que se amanhasse. Um dia destes conto a história direitinha.

      Eliminar
  10. Pois é..os donos têm mesmo que ser educados nem que seja à custa de multas pesadas. Nada tenho contra estes animais, mas os donos deviam ensinar-lhes a fazer as suas necessidades na sua própria casa. Passeá-los para que façam à porta do vizinho demonstra que são mesmo uns energúmenos.
    Adorei este post.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As multas até são pesadas, mas como nenhum polícia tem coragem de as passar ( salvo em casos extremos) as pessoas marimbam-se!

      Eliminar