sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Que porra de país é este?

Durante quatro anos tivemos um governo subserviente a obedecer como um cão de fila às ordens de Bruxelas, do  Schaueble  e dos mercados. Ninguém protestava, apesar de haver cada vez mais gente na pobreza, no desemprego ou obrigada a emigrar. A comunicação social apoiava a posição do governo e os "especialistas" em economia apelavam aos portugueses para terem calma e aceitarem com resignação a austeridade(Amen)
Agora que temos um governo que optou pela via do diálogo com Bruxelas para minimizar o sofrimento do povo e restituir alguma dignidade a um país que- lembro- quer voltar a ser soberano , não há cão nem gato que não se insurja, manifeste a sua satisfação, ou faça graçolas, porque Costa vai ser obrigado a ceder.  E a comunicação social, comandada por alguns títulos auto denominados "de referência" é quem rege a orquestra.  Vão-se lixar, com F maiúsculo...!

7 comentários:

  1. A comunicação adestrada está sempre pronta a dar voz ao dono. Que por acaso continua a ser o mesmo, de 2011 para cá.

    ResponderEliminar
  2. Realmente amigo Carlos não dá para entender !

    Um beijinho e bom fim e semana

    ResponderEliminar
  3. Preso por ter cão e preso por não ter.Parece que o pessoal gosta mesmo é do chicote e do "tem que ser" Cambada...

    ResponderEliminar
  4. Não será uma exigência do partido de Jerónimo de Sousa que anda de certo modo descontente?

    A amiga tuga deseja-lhe um bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  5. para não publicar, por favor.

    antes do mais - votei ps. sou de centro, centro mesmo, e nem quero ouvir falar em passos.

    vá pelo que lhe digo: bruxelas não dobra, repito não dobra. o que é possível é qualquer coisa a meio caminho.

    ResponderEliminar
  6. É a porra do país que, depois de tudo isso, voltou a votar nos mesmos e que, para presidente, escolheu um comediante. É a porra de um país salazarento, carneirento, clerical...

    ResponderEliminar
  7. Um governo apoiado por um partido (PCP) que é ao mesmo tempo oposição pública.
    Anda tudo parvo???

    ResponderEliminar