quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

Perguntar não ofende...

Mais de 24 horas depois de  o BCE ter criticado a decisão sobre o Novo Banco, uma das maiores gestoras de fundos ter comparado Carlos Costa a Hugo Chavez  e um mês depois de o governo ter tomado posse e criticado o comportamento e actuação do governador do Banco de Portugal, Carlos Costa ainda não se demitiu? 
É preciso não ter um pingo de vergonha nem dignidade profissional para se manter agarrado ao lugar como uma lapa.

5 comentários:

  1. Um tacho destes não se apanha todos os dias, em que nem está sujeito às regras do país. Já não há preço que pague a vergonha.

    ResponderEliminar
  2. É engraçado eu acho que esse tipo é um incompetente mas que neste caso tomou a decisão certa. Porque razão hão-de ser só os contribuintes a pagar a falência dos bancos? porque não os fundos e acionistas? O que é que está errado nisso?

    ResponderEliminar
  3. E não pode ser demitido???
    Perguntar não ofende...
    Aquele abraço, bfds

    ResponderEliminar
  4. Por que motivo Daniel Bessa defende Carlos Costa, tecendo sobre ele os maiores elogios?
    Não há pachorra!

    ResponderEliminar
  5. Daqui não saio..até que me levem para junto do meu antecessor.
    Sou tão competente como ele!

    ResponderEliminar