quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

E que tal um pingo de vergonha?

Há que reconhecer que o aumento das pensões mais baixas proposto pelo governo é ridiculamente baixo.
No entanto, ver o PSD e o CDS que passaram quatro anos e roubar os pensionistas exigirem um aumento de 1,5% provoca vómitos a qualquer pessoa de bem.
É preciso não ter um pingo de vergonha na puta da cara para se armarem agora em defensores dos velhinhos. Cabrões!

7 comentários:

  1. A trampa é a mesma, Carlos.
    Mudaram as moscas e o cheiro.
    Aquele abraço, bfds

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E as condições de vida de milhares de portugueses, Pedro

      Eliminar
    2. Carlos, não se esqueça que a maioria das pessoas só pensa nos seus interesses. O Alexandre Soares dos Santos também diz que não tem dinheiro para pagar o imposto sobre a transmissão de património se ele vier a ser criado. E é ele o mais rico de Portugal. Chulos de merda que deviam arder no inferno em que tornaram a vida dos outros.

      Eliminar
  2. Além disso ainda há um pormenor: é que este 1,5€ era para um número infinitamente mais pequeno de pessoas, só que ninguém esclarece isso.

    ResponderEliminar
  3. É o que mais me aborrece na política.
    Agora vão ser 4 anos a ver os que sairam de lá a minar o governo que lá estiver. Preferia que fizessem política a pensar no país, não nas próprias conveniências. Mas assim que o Rebelo de Sousa foi eleito presidente, deu para perceber na satisfação de muitos ex-governantes qual ia ser a «agenda» destes. Só espero que Marcelo esqueça cores, «cague» na má política e pense: "Vou ser o melhor presidente que este país já viu. Vou fazer pelo povo".

    ResponderEliminar