quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

A não perder!



Estreia hoje na RTP a mini série ( 8 episódios) Guerra e Paz, produzida pela BBC.  Os custos de produção foram astronómicos mas diz quem já viu ( estreou  no início do ano em Inglaterra) que o resultado  vale a pena. Portugal será o primeiro país europeu  a exibir a série. ( Sim, já estou a contar com o Brexit..
A estreia está marcada para as 22h37m, entre Bem vindos a Beirais e Terapia ( uma série portuguesa que estreou a semana passada e que tenho vindo a seguir com curiosidade e alguma expectativa, para ver o que sai dali. Até agora, as sessões de terapia do snipper- à terça feira- foram as que mais me prenderam à pantalha).
À guisa de carta de recomendação, informo os meus caros leitores que a adaptação do argumento de Guerra e Paz para televisão é de Andrew Davies, o argumentista de House of Cards e Orgulho e Preconceito. Convencidos?

9 comentários:

  1. Essas recomendações convencem-me. Assim como já houve um famosa série que se não se chamava Terapia era sobre o assunto (in treatment, mais Anjos da América e, estas como sempre da famosa HBO. No entanto agora ando desabituada de ver televisão...

    ResponderEliminar
  2. Esqueci-me de dizer que Natacha é o meu nome preferido.

    ResponderEliminar
  3. Vou tentar não perder!

    Agradeço a informação, amigo

    ResponderEliminar
  4. Muito obrigada amigo Carlos, não vou perder de certeza pois acabei de a pôr a gravar para o caso de acabar um pouco tarde para mim :)
    Sabe que eu sou fã de séries, sigo várias, e "House of Cards",'Downton Abbey' e "A Game of Thrones " estão entre as minhas favoritas.

    Um beijinho grato

    ResponderEliminar
  5. Também é bom ver alguma televisão (que não os debates dos candidatos...) para distrair.

    Obrigada pelas sugestões.

    ResponderEliminar
  6. Vou tentar encontrar. Fiquei interessada.
    Boa noite, Carlos.

    ResponderEliminar
  7. O que eu gostaria que passasse em Macau.....

    ResponderEliminar
  8. Carlos, gostei. Mas são quase todos tão feios. Que saudades da dos lindos e charmosos Audrey Hepburn, Mel Ferrer e henry Fonda.

    ResponderEliminar