quinta-feira, 14 de maio de 2015

Fixe este número: 300 503 123

Se este número aparecer no visor do seu telemóvel, aconselho-o a não atender. 
Depois de ser assediado em dias sucessivos com chamadas do número 300 503 123, que ignorei, esta manhã - quiçá roído por alguma curiosidade- decidi-me a descobrir quem  me tentava contactar com tanta insistência.
Do lado de lá uma senhora perguntou se estava a falar com o senhor Carlos Oliveira. Perante a afirmativa, a senhora identificou-se:
"Estou a falar da Servilusa".
Senti um arrepio percorrer-me a espinha e tive o impulso de desligar, mas decidi enfrentar estoicamente o passo seguinte.
Depois de me informar que a conversa iria ser gravada, a senhora perguntou se eu já  alguma vez recorrera aos serviços da Servilusa.
" Para mim ainda não"- respondi para aliviar o teor da conversa
"Muito bem" - retorquiu a senhora.  E prosseguiu:
"Estou a contactá-lo para apresentar o  Plano Funeral em Vida". 
Controlei a fúria e apenas disse " É melhor a conversa ficar por aqui".
Simpaticamente, a senhora anuiu.
Nunca tinha recebido nenhuma chamada deste género e, durante todo o dia, não deixei de pensar se terá sido mera coincidência o facto de os telefonemas terem começado a surgir insistentemente, desde o dia em que soube os resultados de uns exames médicos feitos num Hospital. Que por acaso é privado.
Os negócios da morte perderam todo o pudor. Estimulados pela benevolência de um Código de Publicidade permissivo e pela promiscuidade entre os negócios da saúde e da morte.

21 comentários:

  1. Que coisa horrível! Nunca imaginei que se chegasse a uma tal pouca vergonha. Simplesmente lamentável.

    ResponderEliminar
  2. Para o capitalismo selvagem e despudorado em que nos estão a fundar tudo vale!!!

    Abraço, amigo.

    ResponderEliminar
  3. Mais um exemplo da coerência esquerdalha, tipo Mário Soares, o povo e tal mas quando precisamos, lá vamos nós para o privado que não nos queremos misturar com a populaça.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não costumo responder a anónimos,mas como o seu comentário e próprio de um cretino abro uma excepção. Tive de ir fazer exames a um privado,porque a companhia de seguros o impôs. Prefiro de longe os públicos,obviamente.

      Eliminar
    2. Você nem merece resposta porque não tem mesmo vergonha. Eu agora também tenho de ir ao privado porque fiquei sem médico de família, porque se reformou, e agora não tenho ninguém que me atenda. Ao fim de muitos meses e de refilar atendeu-me uma médica, chamada Sabina, russa (até me lembrei da criadora da psicanálise), solicitada às empresas de chulos que mandam quem calha, quando lhe fazem um pedido, que não quis saber de nada, porque não tinha, nem conhecia o meu historial, e então limitou-se a passar umas receitas da lista de tratamento que eu lhe mostrei, mas um já não quis passar, porque o INFARMED, acha que é só para casos especiais. E lá vou eu ao privado - sua besta - porque sem este medicamento não me consigo manter de pé, e já nem estava cá. E se quiser reclamar tenho de ir ao gabinete do cidadão, se puder, e não serve para nada. Desculpe Carlos, mas eu detesto os imbecis, que se julgam espertos, só porque deve fazer parte dos chulos, ou daqueles que assinaram o pacto germano-soviético. E não sou capaz de comer e calar, seja onde for.

      Eliminar
    3. O Carlos Barbosa de Oliveira,por certo,dispensará a minha assessoria jurídica ou outra.Mas,não posso silenciar a vontade, que se revolta nas minhas entranhas,de dizer ao Anónimo em epígrafe o seguinte:A Merda humana que representa,através do comportamento que acaba de ter,merece da minha parte todo o desprezo que,habitualmente,só dispenso aos seres nascidos com o intestino no lugar do cérebro.

      Carlos Barbosa de Oliveira,abraço grande,

      Eliminar
    4. Só há uma coisa pior que um cretino... é um cretino cobarde...
      PS: também tenho andado a receber telefonemas de um 300 qualquer coisa mas eu já resolvi esse tipo de problemas há muito tempo, se não conheço ou não consigo identificar o número, jamais atendo... Podem ligar 300 vezes por dia...As funções avião ou silêncio/vibração, existem para alguma coisa..
      PS2: mais difícil de resolver é o problema dos cretinos e agora que um foi eleito presidente dos EUA, piorou...

      Eliminar
  4. Que telefonema mais abstruso. E se se provar que os telefonemas tiveram alguma coisa a ver com esses exames hospitalares,piora um pouco!

    De qualquer forma, espero que corra tudo pelo melhor com a sua saúde.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  5. É desumano, falta de escrúpulos!

    Tudo de bom Carlos.

    Beijinho

    ResponderEliminar
  6. Espero que qualquer semelhança entre este texto e a realidade - se a houver - seja pura coincidência.

    Janita

    ResponderEliminar
  7. a vida é perversa quando se trata da morte...

    ResponderEliminar
  8. Segundo julgo saber, este empresa apesar de ser S.A., disseram-me que grande parte do capital é americano. Tal como um determinado Laboratório, que comprou, entre outros, o Laboratório de uma prima minha e a quem davam uma grande avença, só para ela ir lá verificar os resultados e manter o seu nome, dado crédito que ela tinha. Ela aguentou uns meses, mas como é muito honesta e não fazia nada por amostragem teve de pedir o afastamento, porque uma das razões que ela vendeu foi precisamente o excesso de trabalho.
    Infelizmente o negócio da morte sempre foi um grande negócio. Conheço um grande advogado, que tinha os seus lacaios que o informavam, quando morria alguém que pudesse interessar, e punham um cartão do dito, dentro dos pertences do defunto, para uma hipótese de ser contactado, pois a família pensaria que era amigo. E assim se fez famoso, até parece o outro, que agora foi condenado, por causa do dinheiro que recebia para comprar testemunhas (mas a maior parte era para ele). Muitos dos comprados eram/são detidos nos estabelecimentos prisionais, pois é uma teia e assim se defende uns aos outros. Segundo investiguei este número também está lidado ao Barclays.
    Carlos, você arrepiou-se, mas eu como sou optimista, depois de determinada operação, recebi uma carta, em minha casa, da Liga Portuguesa Contra o Cancro. Animada, pensei: Olha, vêm oferecer-te os seus préstimos! Afinal era para pedir um donativo. Felizmente, até hoje não precisei da ajuda de ninguém. Afinal eu sou mais forte do que eu penso.

    ResponderEliminar
  9. Não me surpreende a possível ligação entre hospitais e agências funerarias...conheço alguns casos onde essa "cooperação" foi "clara e evidente", como dizia o Descartes.

    ResponderEliminar
  10. Repugnante! é a palavra que me ocorre para descrever o que li no seu post Carlos.
    Louvo-lhe a coragem e a paciência que teve para aguentar essa chamada pelo tempo que aguentou.
    Se fosse eu e tivesse mal disposto respondia logo: «Não estou interessado!»
    Se tivesse bem disposto era capaz de responder: «Sinto-me demasiado vivo para agora estar a pensar no meu funeral, tenha um bom dia!».
    Infelizmente a morte para muita gente, é mesmo um negócio.

    ResponderEliminar
  11. Tenho andado com problemas de saúde ...espero não receber um telefonema deste 300qualquer coisa , pois ainda tenho forças para fazer um insulto...
    M.A.A.

    ResponderEliminar
  12. Carlosamigo

    Pqp, por extenso, puta que a pariu!

    Abç

    ResponderEliminar
  13. Hoje já me telefonaram 2 vezes, não atendi e nunca me tinham telefonado.
    Agora lendo aqui acho realmente coincidência a mais, porque ontem fui fazer um electrocardiograma na Idealmed e uma ecografia abdominal na Imacentro em Coimbra, ficam dentro do Hospital Privado de Coimbra.
    Foi a 1ª vez que lá fui e não me perguntaram meu contacto telefónico, mas ao puxarem o sub sistema de saúde pode ter aparecido.
    Quarta ou quinta vou lá buscar os exames e vou perguntar se na ficha tem lá o meu telemóvel, se tiver coloco aqui a noticia.
    PS:
    No Brasil é normalíssimo as pessoas terem um plano de funeral, até que abranja toda a família.
    No Ceará conheci um plano que tinha simultaneamente assistência médica em todas as especialidades da medicina, inclusive orientais e alternativas.
    Abraço

    ResponderEliminar
  14. A mim ligaram-me ontem mas não fiz exames recentemente ainda bem que não atendi

    ResponderEliminar