quinta-feira, 16 de abril de 2015

Rapidinha

Agora que já celebrei  com uma francesinha "à maneira", venho aqui só para vos dizer que foi uma grande noite mas, se o árbitro tivesse cumprido as leis do jogo, o Neuer tinha sido expulso aos 4 minutos no lance do penalty e a vitória poderia ter tido outros números.
Apesar da brilhante vitória ( O Bayern nunca tinha perdido em Portugal e a única equipa portuguesa a vencê-lo, até agora, tinha sido o FC do Porto na célebre final de Viena)  continuo a não acreditar que o meu clube passe às meias finais. Não só porque o Bayern é uma das melhores equipas europeias e fortíssima candidata a vencer a Liga dos Campeões este ano, mas também porque em Munique vamos jogar sem os dois defesas laterais.
Eu sei que a esperança é a última a morrer, mas é preciso ser realista.
Por aqui me fico, porque daqui a nada tenho de estar a pé para a viagem de regresso.
BIBÓ PORTO!

13 comentários:

  1. Como assisti à primeira parte do jogo à entrada do Estádio do Dragão, não sei o que fez o Manuel Neuer, um guarda-redes correcto e muito lindo.
    Mas o que é que o Carlos esperava de um árbitro espanhol?

    Vamos lá ver na próxima terça-feira em Munique. Temos a vantagem de 2 golos.

    O Carlos não é realista. O Carlos é pura e simplesmente um pessimista.

    Bibó Porto, carago!

    ResponderEliminar
  2. Você pode tudo. Tudo consegue pelo amor, e pela fé que você tem em Deus!
    AbraçO

    ResponderEliminar
  3. Vai ser complicado, Carlos.
    Mas eu acredito no Porto.
    E acredito que o Neuer não devia ter jogado o resto do jogo nem devia jogar o jogo na Alemanha.
    Ao intervalo está óptimo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Confesso que tenho um fraquinho pelo Manuel Neuer, mas se ele cometeu uma falta grande, devia ser punido para além do cartão amarelo.
      Só que a vitória não poderia ter tido outros números, porque o guarda-redes suplente tem também grande classe.

      Eliminar
    2. Depois da explicação do Pedro, compreendi que o Carlos tinha razão: a vitória do nosso Porto tinha sido ainda mais estrondosa, se o Manuel Neuer fosse expulso.

      Eliminar
  4. recomendo que analisem bem o jogo entre a "melhor equipa do mundo e arredores" (o barcelona) e o "pato feio" (cheio de velhos) que por acaso(?) também tinha dado 3-1 à grande enorme equipa do mundo e arredores e que até teve um jogador expulso logo no principio do segundo jogo (istp é jogou com 10 contra 11) e que no fim não ganhou. Será que haverá intelingência ou vão para la jogar olhos nos olhos (sim porque "a gente do norte também somos muita bons)? No fim quem ganhou?

    ResponderEliminar
  5. Duplamente enternecido e orgulhoso:A prova provada de que ainda existem muitas pessoas e uma grande Instituição que,neste pobre país(no sentido literal do termo) se auto-impõem o dever de viver em pé perante a arrogância e prepotência dos causadores de duas guerras mundiais e todos os seus acólitos.Pela Grande vitória(os recursos em competição são tão desiguais que até o espanhol deu o flanco a favor do poder na hora de aplicar as regras do jogo)do digno e combativo FCP.Quanto ao que aí vem:o sonho comanda a vida!(...)

    Para todos os confrades,um grande Abraço.De cócoras,nunca!!

    ResponderEliminar
  6. Para falarmos de Manuel Neuer, temos que recuar na jogada.
    Porque há uma falta portista antes de um seu jogador ter entrado na grande área e ser derrubado (?) por uma ponta do pé. Ora, se o tal árbitro espanhol tivesse ajuizado bem a jogada, teria marcado falta contra o FC Porto.
    Depois ... porquê vermelho a Neuer? Repare-se na trajectória do jogador portista e da bola. Na diagonal, não na direcção da baliza, o que determinava a mostragem do cartão amarelo mas nunca o vermelho.

    A vitória foi merecida mas achei os germânicos apáticos, desorganizados, sem pernas.
    O Beyern de Munique dormiu e comeu numa unidade hoteleira no Porto, certo? Ah pois...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. «Para falarmos de Manuel Neuer, temos que recuar na jogada.
      Porque há uma falta portista antes de um seu jogador ter entrado na grande área e ser derrubado (?) por uma ponta do pé. Ora, se o tal árbitro espanhol tivesse ajuizado bem a jogada, teria marcado falta contra o FC Porto».

      Inteiramente de acordo. O Jackson com o seu joelho direito faz falta sobre Xabi Alonso.

      «Depois ... porquê vermelho a Neuer? Repare-se na trajectória do jogador portista e da bola. Na diagonal, não na direcção da baliza, o que determinava a mostragem do cartão amarelo mas nunca o vermelho».

      Aqui não estou de acordo consigo. Se o arbitro não marcou falta antes. Tinha que mostrar depois o vermelho a Neuer. Não interessa se a trajectória é na diagonal ou não, o Jackson estava isolado na direcção da baliza. É o caso clássico de vermelho directo.

      Eliminar
  7. Primeiramente quero dar os parabéns ao FCP pelo brilhante resultado que obteve, mais do que isso, pelo resultado histórico que obteve (pelas razões inovadas pelo Carlos). O FCP fez um grande jogo, esteve muito concentrado e foi altamente eficaz.

    Mas estou como o Carlos, no mínimo vai ser difícil o FCP, não perder e até passar a eliminatória. Temos que ver várias coisas: O Bayern fez um jogo perfeitamente atípico, esteve em dia não, fez um mau jogo, tem mais posse de bole e perde o jogo, o que é raro. Ainda mais raro é cometer dois erros a papel químico e ver-se a perder por dois golos com apenas 10 minutos de jogo. Mesmo em termos de campeonato nacional, tal ocorrência não é nada comum.

    Na 2.ª mão, jogando em casa, não acredito que o Bayern cometa os mesmos erros. Se tiver Ribery, Robben, Alaba e Schweinsteiger a jogar, e que não jogaram no Dragão, e
    que são quase meia equipa do Bayern, dificilmente o FCP continuará na Champions. Para além disso o Carlos disse e bem, que o FCP vai jogar sem laterias, o que faz mossa na manobra do FCP.

    É certo que é muito difícil, mas não impossível. Afinal quem é que antes deste jogo acreditaria que o FCP estaria vencer por 2:0 aos 10 minutos de jogo? E que ganharia
    por 3:1?.

    ResponderEliminar