quarta-feira, 29 de abril de 2015

Ainda bem que vão privatizar toda a rede de transportes

A TVI fez uma reportagem sobre o grupo Barraqueiro, que detém a Rede Nacional de Expressos e a Rodoviária.
Desde motoristas a conduzirem durante mais de 20 horas ininterruptas durante dias seguidos ( quem recusar é ameaçado de despedimento) a fraudes com o sistema de fiscalização e controlo, o grupo Barraqueiro  pratica um manancial de irregularidades que colocam em risca a vida das pessoas.
Numa altura em que o governo se prepara para vender e/ou concessionar todos os transportes, vale a pena ver a reportagem para saber o que nos espera.
As autoridades parecem indiferentes e, confrontadas com as reportagens, as empresas não mudaram o seu comportamento.
Mas nem tudo estará perdido. No dia em que  haja mortos provocados pelo comportamento dos psicopatas que gerem estas empresas, já sabemos os nomes dos criminosos.

6 comentários:

  1. Se os privados matarem umas dezenas de pessoas a quadrilha Passos/Portas/reformado de Boliqueime ainda lhes dão umas condecorações, pois libertam a Segurança Social e o Serviço Nacional de Saúde de umas quantas obrigações, amigo.

    Esperando que tudo esteja a correr a teu contento, desejo bom resto de dia :)

    ResponderEliminar
  2. Privatize-se tudo e, porque não, o governo?

    ResponderEliminar
  3. A reportagem vejo mais logo, mas acredito piamente no que diz: administradores desses é o que não faltam por aí... :P

    Beijocas

    ResponderEliminar
  4. Carlosamigo

    A Sãozitamiga tirou-me o comentário da boca; é assim mesmo! Quantos mais morrerem menos serão os vivos (Monsieur De la Palice ou quejandos). E menos a SS (não confundam, aqui é a Segurança (???) Social (???) pagará em reformas e pensões. Viva la muerte!!!

    Abç

    ResponderEliminar
  5. Aprenderam com Macau, Carlos.
    E, com o cansaço e a obrigatoriedade de cumprir à risca determinados horários, os acidentes com transportes públicos são diários (não estou a exagerar).

    ResponderEliminar