segunda-feira, 20 de abril de 2015

A prova do ketchup

10 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por muito me custe... de pensar quanto doloroso poderá ser expremer essa fruta... concordo! Quem teria sido o imbecil ou a imbecil?!

      Eliminar
  2. Li a notícia ontem.
    É de uma estupidez, de uma crueldade, de uma humilhação, que não têm qualquer justificação.
    Concordo em absoluto com o castigo proposto!
    Aquele abraço, boa semana

    ResponderEliminar
  3. ~ ~ ~ I n c r í v e l ! ~ ~ ~

    ~~ Ao que chegámos! ~~
    ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

    ResponderEliminar
  4. Quem teve a ideia só pode ser um grande idiota.

    ResponderEliminar
  5. Quem teve a ideia só pode ser um grande idiota.

    ResponderEliminar
  6. Quando li a notícia, parei para pensar que nome haveria de chamar ao(s) mentor(es) da ideia. Nada feito, ainda não encontrei o adjectivo.

    ResponderEliminar
  7. Quando a pessoa pensa que já viu e ouviu tudo... estou sem palavras!

    ResponderEliminar
  8. Nem imagina Carlos os sítios por onde eu transcrevi o seu postal. Nalguns sítios foi mesmo para chocar gente muito casta na linguagem.

    ResponderEliminar
  9. «A legislação portuguesa obriga as mulheres que estão a amamentar a entregar uma declaração médica todos os meses depois de as crianças completarem um ano de idade».

    Se esta patética lei existe, ou é inconstitucional, por atentar contra a dignidade da mulher, ou pior que isso, é completamente estúpida.
    É com leis da treta como esta, que querem estimular a natalidade?

    ResponderEliminar