sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

O comunismo é f.....!

O comunismo é uma coisa muito má. Nos países comunistas comem-se criancinhas ao pequeno almoço e os velhos, assim que atingem a idade da reforma, são colocados em fila de espera, para lhes ser ministrada uma injeção atrás da orelha que os leva desta para melhor. É assim que os comunistas asseguram a sustentabilidade da segurança social.
O liberalismo selvagem, por outro lado, é uma coisa maravilhosa. Incentiva a liberdade individual, considera o Estado um empecilho que impede os empreendedores de prosperarem e concede  aos que estão próximos da esfera governativa a fuga aos impostos, a colocação do dinheiro a salvo em off shores,  o roubo certificado da classe média e a  escravidão dos pobres. 
Eu sei que o liberalismo é uma coisa muito boa e o comunismo é fodido mas, como tenho um QI muito baixo, não gosto do liberalismo.  Sou tão estúpido que até estou convencido que, quando o liberalismo selvagem que  venera o mercado como um deus triunfar, as pessoas vão reclamar a protecção do Estado.

5 comentários:

  1. Estou tão em sintonia com o texto que nem digo nada.

    ResponderEliminar
  2. Também sou estúpida pois também detesto o liberalismo.. UM

    ResponderEliminar
  3. Á partida parece-me despropositada a comparação comunismo/liberalismo em tom mais ou menos irónico. Se tiver que optar entre um e outro é óbvio que rejeito completamente o comunismo.
    Nos países comunistas (felizmente já há poucos) e ex-comunistas, não comem criancinhas ao pequeno almoço, nem matam velhos com injecções atrás da orelha, mas fazem parecido. Penso que todos sabem as atrocidades cometidas por este tipo de regimes. Mas vendo bem, se calhar é melhor dar alguns exemplos:
    Na ex-RDA o regime comunista instruía os seus guardas fronteiriços a atirar a matar por quem ousasse querer passar a fronteira de Berlim Leste para Berlim Ocidental e na fronteira inter-alemã da ex-RDA para a Alemanha Ocidental.
    Na Chine houve a matança de Tianemen em 1989, na qual o denominado exercíto popular, atirou a matar sobre o seu próprio povo.
    E mais recentemente na Coreia do Norte, o seu novo líder Kim Jong-un, assassinou um tio seu, apelidando-o de escória e mais seis pessoas incómodas, lançando-os a uma matilha de cães famintos alimentados durante uma semana a verduras e água. Escusado será dizer que os 7 infelizes foram devorados num piscar de olhos.
    Por isso não quero viver num regime que trata assim o seu próprio povo.

    O liberalismo é mau? Politicamente não é de certeza. Se estou aqui a escrever, se tenho imprensa livre e eleições livres, a ele o devo. Economicamente falando, há com certeza imperfeições e coisas que não estão bem, mas prefiro corrigi-las do que acabar com o liberalismo.

    ResponderEliminar