terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Importa-se de repetir?

No domingo os tripulantes da TAP estiveram em greve. Foram cancelados 180 dos 280 voos previstos. Um porta-voz da TAP veio congratular-se com o fracasso da greve. Dizia o figurão que a maioria esmagadora dos 180 voos cancelados não tinham nenhum passageiro.
Não vi ninguém indignar-se com estas declarações portanto, sou eu que sou parvo, por achar anormal que uma companhia aérea tenha, num só dia, 2/3 dos seus voos a operar sem passageiros.

4 comentários:

  1. Ai Agostinho, que rico vinho! Neste país está tudo grosso e está tudo louco, ou serei eu? Já não entendo nada disto. Quanto mais a TAP for desvalorizada mais interessante fica para os amigos árabes, juntamente no pacote das mulheres bonitas e dos cavalos de Alter. E depois é o Marocas que sempre foi doido...

    ResponderEliminar
  2. Depois de ver o número de passageiros que iam aqui de Macau, mesmo com borlas!!, já nada me surpreende, Carlos :(

    ResponderEliminar
  3. Muito estranho!

    Rosa dos Ventos

    ResponderEliminar