quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Explica-me lá isto, ó Maduro!

Se a transmissão dos jogos da Liga dos Campeões é um negócio ruinoso, por que razão a TVI queria ficar com os direitos? 

7 comentários:

  1. Porque e TVI adora negócios ruinosos.
    Tá bem abelha!! :))

    ResponderEliminar
  2. Ruinoso ou não, não me parece que seja serviço público transmitir jogos de futebol. O dinheiro dos meus impostos e de todos os outros contribuintes não deve servir para isso. Quem quer bola, que pague por ela!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Peço desculpa, Paulo, mas a Liga dos Campeões está na lista dos eventos públicos que devem ser transmitidos pelo canal público. Uma lei, curiosamente, elaborada e aprovada por este governo.
      Não quer isto dizer que eu concorde que a bola ( excepto, eventualmente, nos casos da seleção) seja serviço público, entenda-se... O que o governo não pode ( ou pelo menos não deve) é andar a dizer uma coisa e o seu contrário, à medida das suas (deles) conveniências.

      Eliminar
    2. OK Carlos! Tem razão, eu já antes desconfiava disso, embora não tivesse a certeza.
      De qualquer forma e como o Carlos diz e bem, à excepção dos jogos da selecção, parece-me de todo errado englobar o restante futebol como serviço público.

      Eliminar
  3. O pontapé na bola é tão serviço público como as telenovelas, como outro espectáculo qualquer. Compete-nos seleccionar o que queremos ver e ninguém nos obriga a reter a vista no Canal 1 da RTP. Tanto mais tendo nós a possibilidade de acesso a 'ene' canais.
    Na realidade, os nossos impostos escorrem para os cofres do Estado, com ou sem futebol.

    A TVI queria ficar com os direitos não por serem uns gajos porreiros mas porque o futebol vende, gostemos ou não. Mais e melhor publicidade, o 'share' em alta e outros pormenores sem a mínima importância.
    Não terá a RTP o mesmo direito?

    Maduro ministro (não) sabe o que diz.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. «Não terá a RTP o mesmo direito?»

      Quanto a mim a RTP como canal público, nem publicidade devia ter. Mas mesmo havendo publicidade, não me parece que transmitir jogos de futebol (exceptuando a selecção) seja serviço público. Na minha opinião a RTP não se devia meter nisto

      Eliminar
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar