quarta-feira, 24 de dezembro de 2014

A (very) short Christmas Tale

Avô! Contas-me uma história antes de adormecer?
Deixa-me cá pensar... Ah, já sei!
- Era uma vez um ladrão muito mentiroso que...

- Ó avô! Não venhas outra vez com a história do coelho que se disfarçava de Pai Natal para enganar o povo da Tugalândia e tinha como maior amigo e protector uma alcagoita que residia num palácio pago pelo povo escravo.  Essa eu já sei de cor. Daqui a bocadinho vem aí o Pai Natal, quero que me contes uma história alegre com um final feliz, para eu o receber com o maior sorriso do Mundo

6 comentários:

  1. Respostas
    1. Os avós de hoje já não conseguem nada. São uma peste grisalha. Felizes os que ainda consegue acreditar.

      Eliminar
  2. E eu que gostava tanto de alcagoitas. Mas esta é mirrada, cheia de bolor e carucho que vai esburacando e estragando tudo.

    ResponderEliminar
  3. Felizes os que acreditam...

    Abraço natalício

    Rosa dos Ventos

    ResponderEliminar
  4. Tenho uma vaga ideia de já ter ouvido a história também....

    ResponderEliminar
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar