sexta-feira, 3 de outubro de 2014

Ó Crato! O Ministério da Educação não é a Casa da Irene...

Nuno Crato deu o dito por não dito e deu ordem aos directores das escolas para comunicarem aos professores que as suas colocações foram anuladas.
Conclusão: cerca de 900 professores, que já estavam a dar aulas, correm o risco de ter de mudar de escola e, pior ainda, 150 correm o risco  de ficar sem colocação, embora Crato tivesse dado a garantia de que os professores já colocados não seriam prejudicados.
O ministro da educação trata os professores com  arrogância e indiferença." Se não tiverem a sorte de entrar noutras fases do concurso, Crato "promete"  ( as promessas de Crato e de outros membros do governo são lixo, como se sabe e ficou bem explícito em todo este processo) analisar as situações caso a caso
Mas não serão apenas  os professores a sair prejudicados. Também milhares de alunos correm o risco de ficar sem aulas até que sejam colocados novos professores.
A balbúrdia nas escolas parece não ter fim, mas Nuno Crato diz que nunca um ano lectivo começou tão bem. 
O coiso continua a dormir umas sonecas. E o Coelho, está a comemorar o Dia do Animal.



3 comentários:

  1. Este governo não tem um pinguinho de ética. A ministra da justiça, além de não fazer uma mea culpa ainda que não se demita, fala de modo desabrido e sobranceiro quando questionada pelos media. O Crato afivela aquele sorriso à Muttley, e parece anestesiado. Tudo na paz dos anjos!
    :)

    ResponderEliminar
  2. Eles é que são uma grande cambada de animais irracionais!!! Este (C)rato prometeu implodir o ME e não é que conseguiu mesmo??

    Só me pergunto onde anda o Mário Fenprof ou se terá ficado exausto com a organização das manifs de milhares de profs em 2008/9 e já não consegue repetir a façanha..... E os pais não de mexem? País de bananas moles!

    ResponderEliminar
  3. Eu já não entendo nada. Se calhar, também não é para entender.

    ResponderEliminar