terça-feira, 23 de setembro de 2014

Acompanhando o optimismo do governo

O temporal que ontem se abateu sobre Lisboa é uma boa notícia para o país e um sinal de que continuamos a acompanhar a tendência europeia em matéria ambiental. As ruas inundadas impediram a circulação de milhares de automóveis, contribuindo para a diminuição do monóxido de carbono e para que fossemos um dos países europeus com maior percentagem de adesão ao Dia Europeu Sem Carros.
O governo congratula-se  com esta manifestação cívica dos portugueses e realça, ainda, o grande incremento para a economia daí resultante. Centenas de carros avariados irão permitir relançar a actividade das oficinas de reparação automóvel.
Já as inundações  verificadas em inúmeros edifícios irão favorecer a recuperação da construção civil, contribuindo para a diminuição da taxa de desemprego.
O governo sublinha, finalmente, o sucesso das preces de Assunção Cristas, em 2011, cujos efeitos estão finalmente a ser sentidos pelos portugueses três anos depois.
Depois do FMI, da UE, do BCE, do Diário Económico e do Jornal de Negócios, chegou o momento de  a corte celestial  manifestar o seu apoio à política seguida por este governo.

6 comentários:

  1. Bem visto, Carlos. Já podemos fazer nossa a canção brasileira "Abençoados por Deus"... E, caro, pela nossa Padroeira, nas vestes de N. S. de Fátima.

    ResponderEliminar
  2. Eu diria que alguém meteu uma cunha a São Pedro!

    ResponderEliminar
  3. Bem visto...como já foi dito mas eu tiraria os RR aos carros e diria Dia de Caos!
    Mesmo que ainda estivesse em Lisboa não apanharia cheias...:)

    ResponderEliminar
  4. ... Os deuses devem estar loucos, tal não foi a ajuda!

    ResponderEliminar
  5. ~ ~ Uma calamidade a todos os níveis, eis a verdade sem eufemismos. ~ ~

    ResponderEliminar
  6. Parecia a Almeida Ribeiro em dia de tufão.
    Impressionante!

    ResponderEliminar