segunda-feira, 14 de julho de 2014

Não era preciso acabar com uma anedota!

A Alemanha foi uma justíssima vencedora. Não pelo jogo que fez contra a Argentina, mas por ter sido a equipa mais regular e  mais competente  ao longo de todo o campeonato. No entanto, quem pensava que a final seria um passeio para os alemães, enganou-se rotundamente. A Argentina até poderia ter ganho, se Higuain, Palacios e até Messi não tivessem sido tão inaptos a finalizar jogadas de golo feito.
Atribuir o prémio de melhor jogador do Campeonato a Messi é anedótico. Robben ( uma delícia vê-lo jogar) James Rodriguez( o melhor marcador do Torneio) Muller, Klose e até Di Maria ( se não estivesse lesionado, a história desta final podia ter sido outra...) mereciam ter recebido essa distinção e ninguém se riria da escolha de jornalistas e FIFA.
Triste, para mim, foi ver o espectáculo de brasileiros e alemães abraçados a festejar a vitória da Alemanha. O italianos torceram todo o tempo pela Argentina, mas ao intervalo uma italiana dizia-me:
- A Alemanha vai ganhar. O Mick Jagger está a torcer pela Argentina.
Fiquei a saber que o tipo torcera pelo Brasil contra a Alemanha e pela Holanda contra a Argentina, com os resultados que se conhecem. Se soubesse disso antes do jogo, não tinha depositado esperanças nas preces do Papa Francisco.
Daqui a quatro anos há mais. Dizem que é na Rússia. Será? 

15 comentários:

  1. "Fia-te na virgem e não corras"... Neste caso, jogar...

    ResponderEliminar
  2. ...e com ar condicionado em todos os Estádios!!

    ResponderEliminar
  3. O prémio ao Messi é um prémio de consolação.
    O melhor jogador do Mundial foi Muller.
    Aquele abraço e votos de boa semana!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Uma desilusão, o Messi!!!

      O Robben é REALMENTE uma delícia vê-lo jogar!!!

      O Thomas Müller é um fantástico jogador, mas TODOS os jogadores alemães são FANTÁSTICOS!!!

      MANUEL NEUER: O MAIS BONITO E O MELHOR GUARDA-REDES DE TODOS OS TEMPOS!!!

      Eliminar
  4. O prémio é mais que merecido. Levou sozinho uma Argentina, que é uma completa desorganização como equipa, à final e ia ganhando! Sempre confrontado com situações de inferioridade que foiu conseguindo ultrapassar até encontrar uma verdadeira equipa, a alemanha! Se tivesse nascido alemão ou espanhol a sua selecção dominaria o futebol mundial até ele querer!

    ResponderEliminar
  5. Soube pelo facebook desse prémio ao Messi e todos se mostravam discordantes...
    Como não vi um único jogo do princípio ao fim não faço a mínima ideia de quem foi o melhor!
    E se visse se calhar também não saberia! :)

    Abraço

    ResponderEliminar
  6. Mundial na Rússia? A Rússia vai implodir... Com tanto drone a ganhar tanta guerra,com aquela segurança toda no Médio Oriente,com a espionagem discretíssima que se faz em todo o Ocidente e não só,com 10 anos para localizar o Bin Laden,o mundo Ocidental vencerá,até em Kursk,até em Estalinegrado (Volgogrado,para os mais impressionáveis).

    ResponderEliminar
  7. Eheheh, estou com a Rosa: não vi nenhum jogo do princípio ao fim! E mesmo que tivesse visto, saberia lá se o Messi foi anedota ou não... :)

    Beijocas

    ResponderEliminar
  8. Até podia ser merecido, para quem entende da arte, mas eu estava a torcer pela argentina.

    ResponderEliminar
  9. Se o Di Maria não estivesse lesionado, a história desta final podia ter sido outra???

    Os chavões habituais da cultura futebolista aí da paróquia!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se o Neymar da Silva Santos Júnior não estivesse lesionado, a história desta final podia ter sido outra... ou pelo menos o Brasil tinha goleado a Alemanha por 7-1.

      Ah! Ah! Ah!

      Eliminar
  10. Mick Jagger disse na brincadeira, que é responsável pelo primeiro golo da Alemanha contra o Brasil, mas não pelos 6 restantes!!!

    ResponderEliminar
  11. Primeiramente quero dizer que estive a torcer pela Alemanha, não só neste jogo como contra o Brasil. Porquê? porque é europeia, porque já estive lá algumas vezes, inclusive em Berlim. E porque queria ver uma selecção europeia ganhar na América. Embora até gostasse mais que fosse a Holanda, mas como era a Alemanha que estava ali à mão.

    Mas tirando isso, a Alemanha foi uma justíssima vencedora deste mundial, foi a equipa mais consistente, mais sólida, mais fria e mais competente. Embora reconheça que a final até podia ter caído para qualquer lado, já que foi muito equilibrada, com uma Alemanha embora com sinal mais, não tenha estado tão fulgurante como anteriormente, tendo causado até dois erros que podiam ter dado golos à Argentina.
    Mas a Alemanha mereceu ser campeã sobretudo pelo que fez nos jogos anteriores.

    ResponderEliminar
  12. O mundial de 2018 vai ser na Rússia, duvido é que o de 2022 seja no Quatar, embora essa figura repelente do futebol mundial que dá pelo nome de Blatter já tenha confirmado que o Mundial de 2022 será mesmo no Quatar, mesmo que no Verão as temperaturas médias diurnas andem pelos 40º C

    ResponderEliminar