terça-feira, 22 de julho de 2014

Abaixo de cão

( Na sequência deste post)

Os "abana orelhas" da  AR  preparam-se para aprovar, no dia 25 de Julho, uma Lei que criminaliza a violência sobre animais. Estando eu do lado dos que defendem a punição dos autores de maus tratos contra animais, lamento a decisão dos deputados da nação. Continuo a defender que um processo contra ordenacional seria mais eficaz. Por ser mais célere e dissuasor.
Entretanto, os mesmos deputados que aprovaram a criminalização da violência sobre os animais, chumbaram uma proposta de Lei do BE que pretendia tornar a violação um crime público ( o que implica que, mesmo nos casos em que as vítimas não apresentem queixa, os violadores podem ficar sob a alçada da justiça, ser julgados e condenados). 
Está certo, pá! A maioria dos deputados da Nação são considerados por muitos portugueses ( entre os quais não me incluo) umas bestas, por isso, é natural que se preocupem mais com a defesa dos seus direitos, do que  com os  das pessoas.

5 comentários:

  1. Ora ora ... não estamos habituados a manobras deste género?

    ResponderEliminar
  2. A maioria, são mesmo bestas (que me desculpem estas)

    ResponderEliminar
  3. As pessoas para essa gente que se governa, estão "abaixo de cão três graus"!

    ResponderEliminar
  4. Está a escrever sobre Portugal ou Macau, Carlos?
    Portugal, Portugal.
    Porque, em Macau, a lei de protecção dos animais foi adiada.
    Sabe-se lá até quando.

    ResponderEliminar