quinta-feira, 31 de julho de 2014

A lógica de um pastel de nata

É sabido que o delegado do governo no Palácio de Belém costuma ser muito ponderado na análise dos diplomas que lhe são enviados pelo governo  e  fundamentar as suas decisões em pareceres dos assessores.  Costuma, por isso, esgotar todos os prazos, antes de anunciar que não envia os diplomas para apreciação prévia do Tribunal Constitucional. porque os seus assessores lhe garantiram que era tudo constitucional.
Se o delegado Aníbal tivesse um pingo de vergonha e uma conduta ética mínimamente aceitável, já teria pedido desculpa aos portugueses por ter violado diversas vezes o juramento de "cumprir e fazer cumprir" a Constituição, promulgando diplomas inconstitucionais.
 Só que o sr. Aníbal, além de não ter vergonha, também não tem ética e, em certas ocasiões, faz gala em mostrar a sua índole pouco recomendável a todos os portugueses. Como aconteceu hoje.
O delegado Anibal  recebeu  na segunda-feira os diplomas do governo com o corte dos salários da função pública e dos pensionistas e, ontem, uma carta do governo a pedir que os enviasse para o TC, para fiscalização preventiva.
ogica
Lesto como nunca, o sr Cunha Silva enviou  hoje mesmo os diplomas para apreciação do TC. Bastou-lhe uma carta de Passos Coelho, para prescindir dos pareceres dos assessores. Não sei se tanta celeridade se deve à carta ou ao facto de estar ansioso por ir de férias  para a Coelha.
Está desejoso de tomar umas banhocas com o seu amigo e vizinho vigarista Oliveira e Costa e não quer que o chateiem enquanto está a combinar o futuro com o seu conselheiro financeiro,  ex-presidente do grupo de bandidos  do BPN, que tão belos lucros lhe permitiu auferir.

7 comentários:

  1. Análise corrosivamente correta!!! Gosto especialmente do apodo «delegado do governo no Palácio de Belém»....

    Um bandalho sem coluna vertebral!! Que nojo!

    ResponderEliminar
  2. É a lógica do pastel de Belém, que tem a perspetiva de uma amiba ! :P

    Beijocas

    ResponderEliminar
  3. A nossa verdadeira História sobre os nossos gloriosos feitos, sempre foi uma patranha. Mas como agora é que ando por aqui, apesar de ser descendente da Atlântida (refiro-me às minhas características), pois somos os povos mais antigos da história, depois da época glacial, só sobreviveram os deste cantinho, à beira-mar plantado, tenho de dizer que nunca senti tanto nojo, repulsa e vergonha das pessoas que nos dominam e exploram. Só um povo ignorante elege para pr um graveto, que, como pm, mostrou quanto mesquinho e reles é.

    ResponderEliminar
  4. Ter mandado os diplomas para apreciação do TC já não é mau de todo.
    Aquele abraço e votos de bfds!

    ResponderEliminar
  5. Estava com fé no TC...afinal é tudo igual. Pimenta no rabinho dos outros é para mim um refresco , nem mais. Tal é o Silva , como a coelheira , os vizinhos , cambada.
    M.A.A.

    ResponderEliminar
  6. Do TC já veio o recado. Não vão despachar com uma mini equipa. Esperem, se quiserem, digo eu.

    ResponderEliminar
  7. Desde a reunião Passos/Cavaco/Gaspar em Belém há um ano que se tornou mais visível o EMPOCHAMENTO de Cavaco por Passos.
    O que terá sido aquilo?

    ResponderEliminar