sexta-feira, 30 de maio de 2014

Que dia!

Começou logo de manhã na AR com as cenas macacas do Seguro e o Passo Coelho a dizer  que, se não ligarmos aos resultados das europeias em França e Inglaterra, a coisa não está a correr mal na Europa.
À hora do almoço, um casal alemão deu-me cabo do juízo ( eu depois conto...).
Quando cheguei a casa, liguei o televisor e fiquei a saber a decisão do TC. Ainda não percebi bem, mas parece-me que aqueles juízes devem ter grande inspiração nas sentenças salomónicas. As normas são inconstiucionais, mas nós esquecemos o que está para trás e até vos damos tempo para arranjarem medidas alternativas, mas a partir de hoje não voltem a falar em cortes de salários.
Tentei saber as reacções do governo, mas fecharam-se todos em copas e o Passos até mandou os capangas  seguranças afastar os jornalistas, para não responder às perguntas.
Vagueei um pouco pelas redes sociais e o que vi? Malta que apoia o governo a sugerir eleições antecipadas.
Bem, mas isso não é surpresa. Eu já tinha previsto a cena ( que me manda ser bruxo?) na segunda -feira. AQUI 

8 comentários:

  1. Realmente, hoje foi um dia de pedra negra politicamente falando, já que eu substituí o casal pela Grace (pelo que fiquei sómente pela xaropada...)

    Bons sonhos, amigo meu

    ResponderEliminar
  2. E jaqueta falamos em eleições, parque não a candidatura do TC a primeiro ministro?

    ResponderEliminar
  3. É bom sinal, Carlos, se a direita quer ir para eleições antecipadas. Temerá que o Costa lhes caia em cima?

    ResponderEliminar
  4. ... e o Seguro, que é parvo
    já pediu que o "coiso"
    reunisse o "Conselho de Estado"

    ResponderEliminar
  5. Estou contigo não percebo como uma norma constitucional, não tem efeitos retroactivos.

    ResponderEliminar
  6. Eu fui até Mafra relembrar o Memorial!
    Assim o dia ficou menos negro!

    Abraço

    ResponderEliminar
  7. Estará o TC a perder a coragem de ser...constitucional???????

    ResponderEliminar