quinta-feira, 10 de abril de 2014

O que nos distingue dos europeus?

É que por cá, um político do Centrão pode ser aldrabão, ladrão, bater na mulher, fugir aos impostos, comprar cursos, fazer negócios  com as empresas que tutela,  ter casa em Lisboa mas dizer que vive na província para receber o subsídio de deslocação, mentir em tribunal ou numa comissão parlamentar, que o seu futuro está sempre assegurado: uma vez apanhado, passa por um período de abstinência e volta à casa de partida. Só sai de jogo quando já tem os bolsos bem cheios.
Já na Alemanha, os ministros que falsificaram actos académicos, demitiram-se ou foram demitidos. E em Inglaterra, quando são apanhados a meter a mão na massa, o povo reage e obriga-os a demitir-se
Há quem diga que cada povo tem o governo que merece. Se calhar, pela nossa inércia, falta de educação cívica e consciencialização política, merecemos o governo que temos. 

9 comentários:

  1. Sem dúvida. É o nosso espírito tolerante.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Espírito tolerante???

      Eu dava-lhe outro nome!!!

      Eliminar
    2. Ao ler o comentário lá em cima, digo apenas:

      O nosso povo tem o governo que merece!!!

      Eliminar
  2. "bater na mulher"

    Carlos, porque é que está sempre a mencionar o Durão Barroso?!

    ResponderEliminar
  3. Esta gente , é o protótipo do chico esperto contando com a boa fé e algum analfabetismo do povão...Quando um chefe de um grupo parlamentar diz " o país está melhor as pessoas é que não " e só uma minoria critica , acho que está tudo dito.M.A.A.

    ResponderEliminar
  4. O caciquismo ainda está muito enraizado daí que continue gente a votar no partido do patrão, do sr. prior, do manda-chuva lá do sítio! :(

    ResponderEliminar
  5. Merecer, não digo, porque nenhum povo merece o governo que temos, mas bem enganados fomos. Como povo, é claro.

    ResponderEliminar
  6. Tenho a sensação que, às vezes, ainda damos a vaselina :(

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. é para não doer tanto...

      Eliminar