terça-feira, 22 de abril de 2014

Alta Definição

As primeiras horas de gripe deixam-me num estado de letargia estúpido. Não consigo ler, não me apetece falar com ninguém, tenho dificuldade em concentrar-me. A única acção possível, enquanto me aninho debaixo dos lençóis à espera que a gripe passe,  é fazer zapping.
Foi assim que, na tarde de sábado, dei por mim a ver  o “Alta Definição”, programa de que fujo como o diabo da cruz. Só que no sábado o convidado era Otelo Saraiva de Carvalho e deixei-me ficar a ouvir os últimos minutos da entrevista.  Muito útil para alguém mais distraído que não tenha identificado estas personagens.

8 comentários:

  1. Não vi...também não costumo ver!
    Espero que já esteja bom!

    ResponderEliminar
  2. Não costumo ver, mas agora fiquei com pena, porque ainda não consegui identificá-las todas...

    Boas melhoras! Ai os homens com gripe... O António Lobo Antunes é que sabe...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eh,eh, eh!
      Há uns tempos quando estive com gripe publiquei aqui esse texto do ALA. A minha carinha chapada:-)

      Eliminar
  3. Não é um programa que veja, pois aborrece-me o registo sentimentalista que se passa. É prata da casa por os convidados a chorar e incrivelmente, todos sem exceção são pessoas muito humanas e cheias de virtudes. O Otelo também chorou ou rompeu com o alinhamento?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também não vejo, mmm's. Porque detesto o estilo e o Daniel Oliveira. Na parte que vi o Otelo não chorou :-)
      Obrigado. Foi uma gripezita está quase boa

      Eliminar