domingo, 23 de fevereiro de 2014

Eles falam, falam...

Manuela Ferreira Leite, Rui Rio e Pacheco Pereira são os comentadores laranja mais críticos do governo. Num país normal, seria de esperar que todos fossem ao Coliseu dos Recreios expôr as suas críticas e enfrentar o líder, mesmo sem se apresentarem como alternativa. Nenhum dele pôs lá os pés.
Esta atitude defensiva explica, em muito boa parte, a passividade de um povo. Se, quem pode fazer ouvir a sua voz, se acobarda, não é de admirar que um povo, mesmo espoliado dos seus salários, das suas pensões e em breve talvez até das suas poupanças, se refugie em lamúrias e fique, expectante, à espera de um qualquer D. Sebastião que lhe devolva a dignidade, pela qual  desistiu de lutar.

7 comentários:

  1. São uns cínicos , cobardes. É tudo igual.
    M.A.A.

    ResponderEliminar
  2. carlos,
    Quantas vezes já aqui comentei que esta rapaziada é, acima de tudo, uma cambada de ressabiados?
    Gente que ficou na prateleira, sem tachos, e que berra por causa disso.
    Mas berram no sistema toca e foge.
    Na hora de darem a cara o que é que acontece?
    Repito - quem os não conhecer que os compre!
    Aquele abraço e votos de boa semana!

    ResponderEliminar
  3. Falar é muito fácil...atuar torna-se um pouco mais difícil ! Sacanas!

    ResponderEliminar
  4. E os que lá foram, alguns foram por puro oportunismo (Marcelo ou Santana...)

    ResponderEliminar
  5. Não concordo. Se são os mais críticos, por isso mesmo, fizeram bem em não ir, em pertencer aquele ordeiro rebanho. Quando não gosto de determinado local ou sei que não sou bem vindo simplesmente não vou.

    ResponderEliminar