quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Un homme et une femme



É um dos mais belos filmes de amor de que me recordo.
Vencedor do Óscar para melhor filme estrangeiro (1966), tem uma banda sonora magnífica, e duas interpretações excepcionais de Anouk Aimée e Jean Louis Trintignant.
Os mais jovens talvez o achem piegas, mas ainda há pouco tempo tive a oportunidade de  o rever no You Tube e continuo a reclamar a sua presença na minha "cinemateca". É um filme intemporal.
Era a bUmanda sEra a banda sonora de um dos mais belos filmes de amor de que me recordo. Vencedor de um Óscar para melhor filme estrangeiro (1966)  tinha, além da música belíssima, duas interpretações excepcionais de Anouk Aimée e Jean Louis Trintignantonora de um dos mais belos filmes de amor de que me recordo. Vencedor de um Óscar para melhor filme estraEra a bEra a banda sonora de um dos mais belos filmes de amor de que me recordo. Vencedor de um Óscar para melhor filme estrangeiro (1966)  tinha, além da música belíssima, duas interpretações excepcionais de Anouk Aimée e Jean Louis Trintignantanda sonora de um dos mais belos filmes de amor de que me recordo. Vencedor de um Óscar para melhor filme estrangeiro (1966)  tinha, além da música belíssima, duas interpretações excepcionais de Anouk Aimée e Jean Louis Trintignantngeiro (1966)  tinha, além da música belíssima, duas interpretações excepcionais de Anouk Aimée e Jean Louis Trintignant

4 comentários:

  1. Pode-se ver no youtube?....Tenho que o rever!!

    Assino por baixo o teu post, rrss

    Bons sonhos, amigo,

    ResponderEliminar
  2. Como acaba o filme? Não me recordo.
    : )

    ResponderEliminar
  3. Piegas?
    Who cares??
    É excelente, ponto final!

    ResponderEliminar
  4. Também vi e adorei. M.A.A.

    ResponderEliminar