quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Passos podia aprender a lição

Achincalhado pelo presidente da FIFA, Ronaldo reagiu à letra. Sem subserviência, mostrou que o rei vai nu. A FIFA é, como a UE, um mero jogo de interesses manipulado pelos poderosos que deturpam a verdade a seu bel prazer.
Com a sua atitude, Blatter acabou por dar  razão a Mourinho, quando ano passado acusou a FIFA de manipular as votações para o melhor treinador do mundo ( Não custa acreditar que o mesmo se passa  com a escolha dos jogadores)
Para além da reacção dura de Ronaldo, também o presidente da FIFA e do Real Madrid exigiram um pedido de desculpas a Blatter e ele retratou-se.
Isto podia servir de exemplo para Coelho e Marilú, mas os nossos governantes optaram por outra estratégia. Chegam a Bruxelas, baixam as calças e convidam os parceiros a servirem-se à vontade. No final, ainda agradecem a generosidade de terem sido enxovalhados.

2 comentários: