quinta-feira, 22 de agosto de 2013

Parece-me bem...

Esta decisão coaduna-se perfeitamente com o estilo de sociedade que este governo pretende construir. Uma sociedade onde a formação cívica e a informação sejam proibidas, mas onde os bancos, seguradoras, operadoras de telemóveis, o Pingo Doce, o Continente  e tudo mais que o marketing quiser,  podem encher-nos as caixas de correio de publicidade ( mesmo enganosa) e promessas fantasiosas.
Está de parabéns a CNE!

1 comentário:

  1. Se viesse agora a Macau dava-lhe um treco, carlos.
    Lei da rolha até 15 dias antes das eleições.
    Torcer as leis não é interpretá-las.
    Quando é que estas luminárias vão perceber isso?

    ResponderEliminar