domingo, 28 de julho de 2013

Uma pergunta inocente. Ou talvez não..

Depois de ler isto e ouvir Passos Coelho dizer que mantém total confiança em Maria Luís Albuquerque, ocorreu-me perguntar:
- Se PPC vir um  ministro bater na mulher, houver registo de imagens do hediondo acto e a comunicação social as divulgar, o nosso PM  continuará a manter a confiança no ministro agressor? 
Desculpem lá  a pergunta idiota... é só cá por umas coisas...
( Recorte do "Público", roubado ao Arrastão)

8 comentários:

  1. O PM dirá em briga de marido e mulher ninguém mete a colher.

    ResponderEliminar
  2. Nada do que PPC possa fazer ou dizer me surpreende.

    ResponderEliminar
  3. Claro! Ele é o maior comedor de sapos! Até engoliu o sapalhão do Portas!

    ResponderEliminar
  4. Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Peço desculpa ao anónimo mas, sendo essa acusação de extrema gravidade, vou ter de apagar o seu comentário. O que não faria, obviamente, se estivesse identificado. Peço desculpa.

      Eliminar
  5. Se a história das Doce a que se refere o comentário anterior é verdadeira, PPC devia estar era na cadeia. Não na cadeira de primeiro-ministro.
    Quanto à questão da "confiança" a reacção de PPC é típica nele. Não andou meses e meses a reiterar a "confiança" no Relvas?
    Ainda alguém tem confiança nele?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não sei se é verdadeira, Francisco e, por isso, sendo o comentário anónimo, vou ter de o apagar, porque a acusação é muito grave.

      Eliminar
  6. Há coisas que, quando se afirmam, pelo teor e pela gravidade, devem ter fundamentos muito sólidos.
    Seja quem for que esteja em causa.

    ResponderEliminar