quarta-feira, 24 de julho de 2013

Marilú, uma mulher de sorte!



Em apenas cinco dias, Maria Luís Albuquerque conseguiu fortalecer os cofres do seu ministério com seis milhões de euros, graças a dois portugueses que acertaram no primeiro prémio do Euromilhões. ( Como sabem, desde o início do ano que o governo cobra 20% do valor dos prémios superiores a 5 mil euros, pelo que o valor indicado diz apenas ao valor  gamado cobrado aos dois totalistas)
É razão para dizer que a ministra nasceu com o dito virado para a Lua pois, melhor do que ela, só o Valentim Loureiro que ganhou três vezes a lotaria num curtíssimo espaço de tempo. Curiosamente, enquanto comprava uns terrenos que dias depois venderia por um preço muito mais elevado, mas quem tem sorte na vida arrisca-se a estas coincidências...
O CR sabe que amanhã, em conselho de ministros, vai ser discutido se o dinheiro que está a cair com regularidade no ministério das finanças é caído do céu, ou obra do diabo. A discussão promete ser acalorada. A ala mais crente, liderada por Paulo Portas,  garante que este dinheiro caiu do céu  mas os agnósticos, sustentados na sabedoria popular,   garantem que "dinheiro do jogo é dinheiro do diabo".
Os defensores desta teoria têm ainda um outro argumento de peso, mas só o utilizarão no caso de a sua teoria estar em risco de ser derrotada. Dizem eles que, sendo conhecidas as mentiras de Maria Luís Albuquerque na AR, ela só pode estar a ser protegida pelo Chifrudo.


5 comentários:


  1. Oh Carlos... Marilú não!!!
    Essa é muito má!...
    É que vem-me logo à ideia a música dos Ena pá 2000 com o mesmo nome!

    :D

    ResponderEliminar
  2. dois totalistas por semana e até dava para disfarçar a incompetência desta gente!

    ResponderEliminar
  3. "Vai de retro Satanás!" Já desconfiava que havia uns pactos com o diabo e com os pedreiros que destroem, perdão, constroem o Império!

    http://www.lavarcabecas.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  4. A imoralidade está na dupla tributação que o dinheiro do jogo está a sofrer A regra é que parte do dinheiro da totalidade das apostas é distribuido a instituições e só aprte é para premios. Não se compreende então que se penalize quem arriscou o seu dinheiro para tentar ganhar o prémio. Esta tributação não atinge este valor para quem joga na Bolsa. No caso do Euro milhões nem se consegue perceber pois o jogo é europeu e se eu jogar em Espanha não tenha este precalço.

    ResponderEliminar
  5. Já viu a semelhança física, de perfil, dela com a Merkel, carlos?
    Impressionante e hilariante.

    ResponderEliminar