quinta-feira, 13 de junho de 2013

Virgens fora da política. Já!

Desde que Cavaco convocou a Virgem de Fátima para justificar a avaliação positiva da troika, que as Virgens não param de interferir na política portuguesa.
Agora, serviu para o governo justificar a marcação das eleições autárquicas para o dia 29 de Setembro.
A oposição queria que as eleições tivessem lugar em Outubro ( 6 ou 13), enquanto os partidos do governo preferem setembro para que se realizem antes da apresentação do OE 2014  Obviamente que ganhou o governo, mas vale a pena lembrar os argumentos invocados pelo PSD. 
Explicou Macedo que a 13 de outubro não se podiam realizar, porque até os partidos da oposição concordam que é um dia muito especial para os portugueses ( o PCP foi o único partido da oposição a invocar esse argumento, o que não deixa de ser muito curioso!)
E porque não podiam as eleições realizar-se a 6 de Outubro? O mesmo Macedo explicou que sendo a véspera (dia de reflexão) o 5 de Outubro, isso inviabilizaria as comemorações dessa data "tão importante na História do nosso país!"  Macedo só não explicou uma coisa: se o PSD considera o 5 de Outubro uma data tão importante, porque é que o governo acabou com o feriado?
Tenho de reconhecer que os argumentos invocados pelo PSD são plausíveis e concordo com eles, mas não deixo de lembrar que, mais uma vez, foram os desígnios de Deus, ao elaborar o calendário para 2013,  a determinar que fosse feita a vontade ao governo. É no mínimo preocupante, mas não tanto como os argumentos invocados pelo CDS, pela voz  de um deputado cujo nome se me esvaiu:
"O importante é que a campanha eleitoral seja curta para não  desperdiçar dinheiro.Os contribuintes não aceitariam isso" - esclareceu o deputado da Opus Dei CDS.
O melhor era acabar com eleições, não lhe parece, senhor deputado? Esteja descansado, porque para si vão mesmo acabar no próximo acto eleitoral. O seu partido voltará a ser o partido do táxi e creio que quando o senhor lá quiser entrar, a lotação já estará esgotada.

3 comentários:

  1. O Deputado em questão chama-se ANTÓNIO CARLOS MONTEIRO

    ResponderEliminar
  2. Por mim , até as podiam marcar para 24 de Agosto , anda , dizem , o diabo à solta.
    M.A.A.

    ResponderEliminar
  3. Estes gajos do PSD são um NOJO! Uma NÁUSEA! Um VÓMITO! Estou farta!

    ResponderEliminar