quinta-feira, 13 de junho de 2013

O triste espectáculo de Tugalândia

Pedro Passos Coelho foi à Feira de  Santarém. Pisou uma poia, tagarelou  para as televisões com umas loiras contratadas que lamentaram a sua magreza, confirmou que é caloteiro e se está nas tintas para as decisões do TC e depois, sem se rir e  com uma lata indescritível, saiu-se com isto
Horas antes, Cavaco fazia de indignado e deixou o PE a rir baixinho
Ainda lá por fora, perante o encerramento da televisão grega, o cherne remeteu-se ao silêncio e foi enxovalhado por uma ex-ministra de Sarkozy.
Na AR o ministro Álvaro vestia o fato de oposicionista ao governo e  ria à gargalhada, enquanto  um deputado achincalhava Gaspar, naquele que terá sido um dos mais violentos ataques feitos a um ministro na AR. 
A imagem da Tugalândia, por estes dias, anda pelas rua da amargura.

5 comentários:

  1. Faça como eu, intervale
    E tem lá uma sua quadra
    Numa brava desgarrada

    ResponderEliminar
  2. Mas olhe que gostei da intervenção de Cavaco ontem, Carlos.

    ResponderEliminar
  3. É engraçado ver o bandalho que promoveu a vinda do FMI, que dizia que não devíamos contestar o FMI e os "mercados", vir agora fingir de morto! Enfim provou que é um troca-tintas de gabarito internacional capaz de concorrer com o Durão: temos ali futuro presidente para a Europa!

    ResponderEliminar
  4. Que rochedo tão solarengo!

    Penso que ainda podemos cair um pouco mais, mas o ciclo inverter-se-á.

    A história ensina.

    O pior é viver no entretanto.


    beijinho

    ResponderEliminar
  5. O pior é viver neste desgoverno!

    http://www.lavarcabecas.blogspot.pt/

    ResponderEliminar