terça-feira, 25 de junho de 2013

O betinho da Ponte Vecchio


Cada vez que abre a boca, Miguel Poiares Maduro faz questão de demonstrar que é o Relvas dos Betinhos. Com os trejeitos de intelectual da Ponte Vecchio, vai debitando uma parafernália de disparates. Após a reunião do conselho de ministros de Alcobaça, abotoou o casaco cor de alpista para dizer que o governo estava empenhado em facilitar a mobilidade social. 
Ó Maduro, mas qual é a novidade? Desde que o governo entrou em funções, a mobilidade social tem sido uma constante, com a classe média a migrar para a pobreza! 
No dia seguinte, numa visita à feira do granito, em Vila Pouca de Aguiar, o ministro pretendeu mostrar que era dialogante e ao ouvir um cidadão ( desta feita a organização esqueceu-se de contratar umas loiras para figurantes) que se lamentava de ter de dormir na empresa, por não ter casa, respondeu"Eu sei, eu sei!", uma frase tipo de quem não está a prestar a mínima atenção ao seu interlocutor.
Maduro ainda disse mais umas banalidades que podem ouvir/ver aqui, sem perder a compostura de Relvas dos Betinhos

6 comentários:

  1. Perdoa-me, mas recuso-me a ouvir tal criatura além do inevitável.

    Sei que o edil do sítio ficou muito aborrecido com o empresário, segundo a comunicação social

    Mas porque não regressa a criatura à belíssima cidade dos Médicis?!

    Fica bem, amigo

    ResponderEliminar
  2. Essa figura cansa-me a beleza e o intelecto! Parece uma figura mais ou menos decorativa que lá vai dizendo umas patacoadas e com um raciocínio muito circular, diz três vezes a mesma coisa , intercaladas com umas interjeições ou conetores frásicos.

    http://www.lavarcabecas.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  3. Dizem que é muito dotado intelectualmente , muitos doutoramentos, muita erudição ...mas se a tem , não se lhe vê. M.A.A.

    ResponderEliminar
  4. È um texto eu que eu assino por baixo (está na moda dizer isto)
    Mas não resisto
    e questiono, não por mero questionar
    "com a classe média a migrar para a pobreza"?

    Bolas Carlos, quem migra para aí quem vai encontrar? A classe média vai criar uma nova classe? Tudo se resume ao empobrecimento da pequena burguesia?

    ResponderEliminar
  5. Um pateta alegre! Um betinho mesmo! Como diria o dr Catroga, um pint*lho...

    ResponderEliminar
  6. Continuo a dizer - um excelente académico não dá necessariamente um bom ministro

    ResponderEliminar