quarta-feira, 22 de maio de 2013

Conceição: agora não me digam que as loiras são burras, tá?




Maria da Conceição Leal, gestora do Banif, incendiou a opinião pública quando os jornais noticiaram que a senhora recebeu, em 2012, 982 mil euros de salários e prémios.
Muitos não percebem como uma gestora de um banco recebe um prémio deste montante pelo seu desempenho numa operação no Brasil que, segundo o “Expresso”,  correu mal, estando o Banif em vias de deixar o país.
 Ainda ficam mais indignados quando constatam que o banco está intervencionado pelo estado ( possui 99% do seu capital) e procuram mil explicações.
Eu poderia tentar ajudar-vos nessa tarefa, mas não me vou cansar.Está  tudo aqui muito bem explicadinho por este senhor



5 comentários:

  1. Por acaso até está... mas quando cliquei no link pensei que ia dar com isto http://youtu.be/OcxS1zYWJms

    ResponderEliminar
  2. Eu volto a perguntar o que já perguntei antes - que raio de serviços terá ela prestado para merecer tão disparatada quantia??
    Sejam quais forem, têm que ser muito bons!

    ResponderEliminar
  3. pois...
    realmente há cada coisa, e isso é o que sai cá para fora...

    :(

    ResponderEliminar
  4. Mantenho uma dúvida que rapidamente se transforma em revolta.
    Diz-se que a Conceição em causa,"recebe um prémio deste montante pelo seu desempenho numa operação no Brasil".
    Os brasileiros dizem que não perceberam que tipo de trabalho terá sido desenvolvido para merecer o prémio que consideram ridículo.

    Entretanto, e alegando entre outras coisas, 'dificuldades de tesouraria', despedem trabalhadores e preparam novo ataque.

    Incoerência, só?



    ResponderEliminar