terça-feira, 28 de maio de 2013

A diferença está nos pormenores...

Os benfiquistas costumam denegrir as vitórias  do FC do Porto invocando favorecimento das arbitragens. Como ficam  felizes com esse raciocínio, não vou contra argumentar. Esqueço os Capelas, os Calabotes e os Lucílios. Limito-me a lembrar-lhes um pormenor: se algum jogador do FC do Porto, mesmo sendo um ídolo incontestável dos adeptos, fizesse ao treinador o que Cardozo fez a Jesus e a um colega, nunca mais jogaria no clube.  Um pormenor que faz toda a diferença!
Já agora, foi muito feio terem-se pirado para o balneário antes de o Vitória receber a Taça. Não é só uma questão de mau perder e falta de fair-play...

6 comentários:

  1. O Benfica ontem não primou pela ética profissional, nem pelo respeito pelo outro(s). Foi um espetáculo vergonhoso protagonizado pela equipa e que de certa forma, envergonhou os adeptos benfiquistas...é como me sinto, enquanto benfiquista.

    http://www.lavarcabecas.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  2. Realmente, duas nódoas muito negras numa final de Taça.
    E, tal como o Carlos, também tenho a certeza que uma atitude como a do Cardozo, no Porto, dava lugar a bilhete de saída.
    Sem retorno.
    Aquele abraço!!

    ResponderEliminar
  3. Realmente o Porto NUNCA costuma denegrir as vitorias do Benfica falando da arbitragem.
    Nunca, nunca...

    Quem é que falou do Capela ? E no Calabote, de ha decadas ?

    ResponderEliminar
  4. Detesto atacar alguém, que não está presente, mas desde aquele dia em Düsseldorf em que a equipa do Benfica se portou vergonhosamente, só fico contente quando ela perde, e fiquei contentíssima que não ganhasse a Taça.

    ResponderEliminar
  5. A futebolite faz vir ao de cima o pior que cada um tem dentro de si!
    E não venham com histórias, todos os clubes e todos os adeptos são iguaais: uma lixeira.

    Quer ter um blogue "quase perfeito"?
    Deixe-se de futebolices.

    Declaração de interesses: sou adepto vermelho.

    outeiro

    ResponderEliminar
  6. Ora nem mais. Exactamente o que eu disse quando vi aquele disparate do Cardozo. Inaceitável num jogador profissional. Quer contestar o treinador? à vontadinha, mas no recato do balneário ou em entrevista particular. Agora fazer aquele espectáculo? Tenho de reconhecer que há muita coisa a aprender com o FCP no que diz respeito à disciplina e ao controlo dos vedetismos.
    Bjs
    PS: ando um pouco arredia... época de entrega de trabalhos e exames :( Mas vou passando.

    ResponderEliminar