terça-feira, 2 de abril de 2013

Planeta Tangerina



Assinala-se hoje do Dia Internacional do Livro Infantil. Poderia aqui evocar alguns livros que povoaram a minha imaginação durante a infância, que me conduziram a paragens longínquas, ou me despertaram  o gosto pelas viagens. Poderia aqui escrever sobre Dickens, Julio Verne, Perrault, Hans Christian Andersen, os irmãos Grimm...  ou as portuguesas Alice Vieira e Matilde Rosa Araújo. Poderia evocar alguns dos meus heróis da infância, desde a banda desenhada ( Tim, Tin, Astérix…) a Tom Sawyer, David Copperfield  ou  Huclebery Finn. Poderia escrever sobre contos de fadas, ou viagens de aventuras mas, para assinalar este dia, escolhi um Planeta chamado Tangerina.
Alguns  saberão que a  Planeta Tangerina é uma editora de livros infantis portuguesa. Muitos  não saberão ( eu só  ontem fiquei a saber) que esta editora acaba de ser eleita  “ A melhor editora da Europa de livros infantis”, na Feira do Livro Infantil de Bolonha 2013.
Não a escolhi para tema deste dia apenas pelo prémio ( já arrecadou vários em Portugal) e por ser portuguesa. Foi também porque conheço bem a história desta editora, criada em 2004 por três jovens que foram colegas de liceu e se lançaram na aventura de produzir e editar livros infantis, quando entraram para Belas Artes.
Jovens apaixonados por livros e design, que se não tivessem sido bons leitores na infância, nunca teriam seguido este percurso. 
Não é fácil o mundo editorial no nosso país e raros são os casos de sucesso, nomeadamente no mundo da literatura infantil. 
No meio do panorama de desastre com que diariamente somos confrontados, é bom receber a notícia de que uma editora criada por jovens recebe um prémio desta relevância. Estão eles de parabéns e também os jovens leitores de palmo e meio que têm mais uma razão para ler.

7 comentários:

  1. Totalmente de acordo, no meio de tanta dificuldade, é bom saber que as boas ideias ainda conseguem florescer. Abraço!

    ResponderEliminar
  2. Meu amigo sabe tão bem ler boas notícias.
    Parabéns à "Tangerina" !

    Beijinho



    ResponderEliminar
  3. Não sabia. Grato pela informação. Parabéns à editora.

    ResponderEliminar
  4. Concordo! Conheço a editora por causa dos meus netos e por causa da minha filha mais velha que é bibliotecária num Agrupamento de escolas. Além disso também li a notícia no DN de um dia desta semana.

    Parabéns à editora, de facto!

    ResponderEliminar
  5. Penso que não é a primeira vez que esta editora é destacada pela imprensa!

    ResponderEliminar
  6. Li a notícia no Facebook de uns amigos quando foi atribuído o prémio.
    Nestes tempos, mais do que antes, notícias destas revigoram

    ResponderEliminar