domingo, 28 de abril de 2013

Em defesa da imagem

Numa entrevista à Lance net, Pinto da Costa insurgiu-se contra o facto de em Portugal espectáculos como o futebol ou o cinema serema taxados a 23%, enquanto os espectáculos pornográficos só pagam IVA a 6%.
O presidente do FC do Porto anda um bocado distraído ou, então, a idade está a tirar-lhe discernimento. Não percebeu que, sendo o espectáculo diário proporcionado pelo governo pornográfico e degradante, o ministro das finanças  está a defender a sua indústria?

8 comentários:

  1. BOA!!! Pornográfico é pouco! É mesmo hard hardcore!

    ResponderEliminar
  2. Barbosamigo

    Lucinhamiga

    Rosinhamiga

    Hoje não faço qualquer comentário pelo motivo que se segue:

    Venho informa-te que estive muito doente. No sábado passado, inesperadamente, perdi a fala, perdi a consciência, perdi os movimentos.Fui ao Hospital de Santa Maria, felizmente puseram-me em bom estado, tal como podes ver através deste comentário.

    Logo que possível, por carta desenvolverei a tremenda ocorrência.

    Diz-me na Travessa o que pensas disto, sff. Muito obrigado

    Qjs

    H

    ResponderEliminar
  3. è a melhor da semana, do mês.....e talvez do ano

    ResponderEliminar