terça-feira, 26 de março de 2013

Garotices


I
Paulo Portas mandou Pires de Lima “exigir” a remodelação do governo. Depois pediu a Diogo Feio e Telmo Correia que corroborassem a opinião do homem das cervejas, mas manteve-se em silêncio e pirou-se para o Japão. Quase aposto que, ainda no aeroporto telefonou a Passos Coelho dizendo que não tinha nada a ver com aquilo, mas era bom o primeiro ministro ouvir aquelas vozes.
II
António José Seguro anunciou a apresentação de uma moção de censura na sexta-feira. No dia seguinte, o Expresso noticiou que Seguro escrevera uma carta à troika declarando o seu compromisso com o memorando. As pessoas ficaram ainda mais convencidas que a moção de censura tinha apenas objetivos de afirmação  interna e Marcelo, na sua homilia dominical, desancou em Seguro.
Ontem ficou a saber-se que, afinal, a carta de Seguro à troika é bastante dura e nela o líder do PS manifesta o seu propósito de derrubar o governo e exigir a renegociação do memorando.
De qualquer modo, a garotice do Expresso cumpriu o objectivo de enterrar ainda mais o desacreditado Seguro.
III
Sócrates dá amanhã uma entrevista à RTP, que marca o seu regresso a Portugal. Medina Carreira, aproveitou o seu programa “Olhos nos Olhos” para engrossar o pelotão de vozes que pretendem o silêncio do ex-primeiro ministro. Nada de surpreendente. A única surpresa foi o ódio expresso por Medina Carreira nas suas declarações anti-socráticas. Logo aproveitadas por Morais Sarmento, para dizer que Sócrates é um homem sem vergonha. Morais sarmento devia olhar para o seu partido e apontar os inúmeros casos de gente sem vergonha com voz nas televisões. A começar pelo PM, que insiste em manter um aldrabão como Relvas  como seu braço direito no governo.
Os ataques a Sócrates não revelam só medo do que ele possa vir a dizer nas suas intervenções semanais. Revelam falta de carácter e são mais uma garotice do laranjal, cada vez mais acossado e em risco de ser atacado por uma doença degenerativa.

6 comentários:

  1. O Expresso só fez essa garotice porque Seguro se deixou enrolar. Então cabe na cabeça de alguém nesta altura do campeonato apresentar uma moção de censura sem explicitar logo os termos dessa moção? O terreno tinha de ser logo marcado. Bem sei que os tempos são muito nebulosos, mas por isso mesmo o PS precisa de alguém na liderança com outra envergadura política, um lider, que é o que não tem.

    ResponderEliminar
  2. Quanto ao resto, vamos deixá-los poisar...e engolirem o seu próprio veneno

    ResponderEliminar
  3. é altura do seguro encostar o cds à moção de censura e exigir que se expliquem. dá em nada, mas gozam o prato.

    ResponderEliminar
  4. Sarmento a perorar sobre vergonha? Essa é para nos fazer rir!E se Sócrates não tem vergonha , segundo ele, Santana Lopes também não.

    Lamento discoradr, mas Passos yem toda a rzão: este é um governo com carácter, acrescentarei que até muitssimo. Só que a criatura esqueceu o adjectivo : péssimo!!

    Medina seria bom que não dissesse só meis verdades e tivesse muito mais humildade.

    Seguro vem também das jotas, né?

    Amigo meu, que tenhas um agradável dia e com menos cuva do que aqui

    Portas é sempre igual a Portas...assim como Isaltino!

    ResponderEliminar
  5. Gosto pouco de ouvir comentadores porque tenho um cá em casa que me dá cabo do juízo a desancar em toda a gente mas vou ouvir o que Sócrates tem para dizer nem que seja para melhorar as audiências do canal público!
    Além de tudo o mais quem não o quiser ouvir mude de canal, mais nada!

    ResponderEliminar