domingo, 24 de fevereiro de 2013

Carlos Carvalhas dixit

Já aqui escrevi várias vezes, ser minha convicção que poderíamos não ter chegado a este ponto, se a aliança espúria entre PCP, BE e a direita que assaltou o pote não tivesse chumbado o PEC IV e derrubado o governo.
Fundamentei a minha posição, com o facto de Merkel estar apostada em evitar o pedido de resgate ( tal como veio a acontecer mais tarde com Espanha). Escrevi mesmo que Merkel tinha ficado furiosa com Coelho por ter derrubado o governo...
Alguns leitores criticaram esta minha teoria.
Qual o meu espanto quando oiço esta entrevista de Carlos Carvalhas a corroborar a minha posição, nesta entrevista à Antena 1 na sexta-feira. Ora oiçam lá e espantem-se! 
Mas não é só por esse facto que vale a pena ouvir a entrevista. Carvalhas fala sobre outros aspectos muito interessantes...

3 comentários:

  1. Parece que estamos em tempo de revelações, Carlos.
    O Carvalhas, o Soares,...
    Má consciência??
    Aquele abraço e votos de boa semana!!

    ResponderEliminar
  2. Foi pena que o Carvalhasss não se tivesse pronunciado em 2011, agora é tarde inês é morta. Até o Granadeiro insuspeito de esquerdelhices, na entrevista à revista do Expresso disse o mesmo, provavelmente iria haver o PEC V o VI e o VII, mas isso seria preferivel à intervenção directa da troika. Quando alguém dizia o óbvio era logo corrido a socretino, a propaganda fez o seu caminho...

    ResponderEliminar