sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

A lei do álcool explicada aos totós

Tratando uma vez mais os portugueses como totós, o governo veio "explicar" o tratamento diferenciado entre a cerveja, o vinho e as bebidas espirituosas, previsto na lei do álcool, dizendo que se deve ao facto de ser "totalmente diferente beber um copo de vodka ou dez cervejas"
Nem me dou ao trabalho de pedir ao governo para fundamentar a sua afirmação, porque isso seria pedir demasiado a quem  anda a enganar os tugas ou não percebe rigorosamente nada do assunto. Peço apenas que não nos tratem por totós!
De qualquer modo, este tema não tem qualquer interesse, porque se trata de mais uma lei que ninguém vai cumprir, como acontecia com a que já está em vigor. Só quem nunca entrou numa discoteca depois da 1 da manhã é que nunca viu jovens de 12, 13 e 14 anos completamente bêbados.
Assim sendo, recomendo que emoldurem a lei num gabinete da Gomes Teixeira, ou perguntem ao Viegas se tem uma melhor solução.

9 comentários:

  1. Se quisessem explicar isso como deve de ser mandavam-nos era beber shots, são mais baratos e a bebedeira chega mais depressa, com isto da crise o melhor é economizar até quando queremos apanhar uma piela.

    ResponderEliminar
  2. Prefiro as dez cervejas!!!

    Vodka só bebi uma vez na minha vida e nunca mais.

    Estou com um pé fora de casa e só regresso no sábado à noite.

    ResponderEliminar
  3. Sem dúvida, o Viegas é que sabe!

    ResponderEliminar
  4. Tem a certeza que isso é uma lei? Terá sido elaborada por alguém sob o efeito do álcool?

    ResponderEliminar
  5. Bom, este Governo é uma anedota. Pena que seja de tão péssimo gosto!

    Essa explicação está ao nível da que afirma que os fimadores passivos têm, maiores hipóteses de contrair cancro do que os activos.

    Seria bem melhor estarem quedos e mudos, ao menos não se cobriam de rídiculo!


    Um excelente dia e com mais agradável tempo do que aqui, amigo meu

    ResponderEliminar
  6. Segundo já ouvi dizer, alguém no governo tem grandes interesses numa cervejeira...
    Mas esta lei, como outras, vai direta ao "buraquinho"...

    ResponderEliminar
  7. O Pires de Lima deve estar feliz.

    ResponderEliminar
  8. Tudo tem uma explicação que, no caso, até é simples: o lóbi da cerveja em acção.

    ResponderEliminar
  9. É óbvio que é completamente diferente beber um vodca ou uma cerveja, mas não percebo para que é que esta gente faz leis destas, que já sabe que nunca vão ser cumpridas, muito menos fiscalizadas. Assim, os putos vão continuar a embebedar-se à grande com shots, para os comerciantes manterem o negócio rentável... ;)

    ResponderEliminar