segunda-feira, 7 de janeiro de 2013

Educação alimentar: cortar nas gorduras

Já aqui escrevi várias vezes: este governo que tanto reclamou o corte das gorduras do Estado continua a alimentar as suas clientelas gastando despudoradamente nos gabinetes. (ler aqui e aqui ou ainda aqui)
A confirmação do que tenho escrito veio agora do Tribunal de Contas: gabinetes ministeriais ignoram austeridade.
À boa maneira dos governos totalitários, o bando de burlões contrata a eito para os seus gabinetes gente sem curriculum profissional, mas diligentemente formada nas escolas da chulice partidária.
E se fossem gozar com as tias deles?

11 comentários:

  1. Hoje, numa Mercearia pequena a que fui, a senhora desabafou connosco as dificuldades porque está a passar e queixou-se que este governo em ver de ir atrás dos milhões, anda atrás dos tostões.

    ResponderEliminar
  2. Esta maioria esmagadora não é totalitária?

    ResponderEliminar
  3. Eis uma boa ideia: que vão gozar com as tias deles...

    ResponderEliminar
  4. O Coelhoni não disse que vinha para "fazer melhor"? o melhor que ele sabe fazer é ser opaco para roubar mais eficazmente....

    ResponderEliminar
  5. E já não são gorduras, é celulite instalada!.....

    ResponderEliminar
  6. Então as tias deles não são aquelas que já fizeram lipoaspiração??? :-))

    ResponderEliminar
  7. E dizem os apoiantes deste (des)governo que acabou a mama!

    ResponderEliminar
  8. E dizem os apoiantes deste (des)governo que acabou a mama!

    ResponderEliminar